Início Notícias Projeto de empreendedorismo sobre alimentos orgânicos vence hackathon da Unilever e Mãe...

Projeto de empreendedorismo sobre alimentos orgânicos vence hackathon da Unilever e Mãe Terra

Projeto de empreendedorismo vence hackathon da Unilever e Mãe Terra Objetivo da iniciativa foi estimular a comunidade apaixonada por tecnologia a identificar novas formas de democratizar o consumo de produtos naturais e orgânicos no país

109
0

Promover o empreendedorismo para a democratização do consumo de produtos naturais e orgânicos foi a ideia vencedora do Mãe Terra Hack, competição realizada pela Unilever por meio da sua marca de alimentos orgânicos, Mãe Terra. Por 36 horas, o desafio reuniu 51 participantes na sede da Unilever, em São Paulo. Hackathon recebeu mais de 250 inscrições e aconteceu entre os dias 24 e 25 de novembro.

A equipe vencedora da competição foi a “Sementes da Mãe Terra” que propôs uma plataforma de empreendedorismo que gera oportunidade de renda ao conectar pequenos produtores de alimentos orgânicos e/ou naturais com pessoas que buscam uma fonte de renda durante o período de desemprego. A ideia da solução é gerar oportunidade de negócios para ambas partes conectadas e ao mesmo tempo democratizar o consumo de produtos da categoria. Com a vitória, cada integrante da equipe ganhou bicicletas dobráveis da Durban Eco+ e um curso de Design Sprint, da Udacity.

“É com muita satisfação que anunciamos como vencedora uma solução voltada para o empreendedorismo como caminho para democratizar o consumo de produtos naturais e orgânicos no país. A plataforma está 100% em linha com duas metas globais da Unilever: melhorar as condições de vida de milhões de pessoas e melhorar a saúde e o bem-estar de mais de 1 bilhão de pessoas”, afirma Alexandre Borges CEO da marca Mãe Terra na Unilever. “O Mãe Terra Hack foi uma das portas que encontramos para buscar novas maneiras de chegar ao consumidor unindo o universo da tecnologia ao futuro da alimentação. Precisamos reconhecer este movimento do mercado e estamos posicionando a Unilever na vanguarda. Não dá para negar que o mundo está migrando para a internet e o mercado de alimentos precisa acompanhar essa tendência.”, finaliza.

O Mãe Terra Hack contou com três etapas Meet Up, Warm Up e Mãe Terra Hack. Nas duas primeiras etapas, a programação contou com palestras inspiracionais com os principais líderes de negócio da Unilever Brasil e de diversos setores do mercado. Para a escolha do projeto vencedor, a banca de jurados contou com as presenças da diretora de e-commerce da Unilever, Patricia Amaro; Alexandre Borges, presidente da Mãe Terra; Rodrigo Visentini, Diretor Geral da Mãe Terra; Marina Risi, diretora de Marketing da Unilever; Leandro Freire, Program Manager da Liga Ventures; Rafael Rosa, CEO do Hypeness; Thaís Hagge, diretora de Marketing da Unilever; Francis Castro, diretor de TI da Unilever; e Carolina Cima, Diretora de Trade Marketing da Unilever.

A Shawee, Startup especialista em hackathon no Brasil, foi a parceria da Unilever para promover a iniciativa. O Mãe Terra Hack também contou com parceria da Udacity – que apresentou um conteúdo de design sprint para estimular as equipes ao pensamento estratégico e despertar ideias inovadoras – e da Liga Ventures – que preparou as equipes com uma palestra sobre como otimizar seus pitches e despertar mais interesse dos jurados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here