Início Notícias Stellantis comemora sete anos de operações do Polo Automotivo de Pernambuco e...

Stellantis comemora sete anos de operações do Polo Automotivo de Pernambuco e 350 mil unidades produzidas do Jeep Compass

462
0
Reprodução


A planta automotiva considerada a mais moderna do setor na América Latina até então foi inaugurada em 28 de abril de 2015. Sete anos depois, o Polo Automotivo Stellantis de Goiana, em Pernambuco, continua na vanguarda da inovação e da sustentabilidade. Sua instalação vem mudando a realidade socioeconômica da região e transformando também o mercado de veículos brasileiro com o lançamento de quatro modelos líderes em seus segmentos. Desde sua inauguração, já foram produzidos mais de 1,2 milhão de veículos no Polo e agora se comemora o marco de fabricação de 350 mil unidades produzidas do Jeep Compass.
“Com sete anos de operações, podemos afirmar que o Polo Automotivo de Goiana está consolidado, seja no cenário nacional como no regional, como um empreendimento capaz de gerar desenvolvimento econômico e social. Mais do que a adoção de tecnologias inovadoras, somos um Polo gerador de inovação, muitas delas exportadas para outras regiões do mundo”, afirma Mateus Marchioro, Plant Manager do Polo. “Nosso olhar de constante desenvolvimento e aperfeiçoamento vai além da Manufatura: acreditamos na formação das pessoas, no valor das ações voltadas para a sustentabilidade e no desenvolvimento da comunidade que nos abriga. Temos orgulho em ser um fator de desenvolvimento em todas as dimensões”, completa.
Atualmente, mais de 13 mil pessoas trabalham no Polo, considerando a planta Stelantis e o Parque de Fornecedores instalado no mesmo perímetro industrial, formado por 16 empresas. Deste efetivo, cerca de 90% são nordestinos, sendo mais de 85% pernambucanos.

A Stellantis encontra-se no meio de um ciclo de investimento de R$7,5 bilhões na planta pernambucana (de um total de R$16 bilhões para o Brasil) até 2025, focados principalmente no desenvolvimento de novos produtos, na atração de novos fornecedores e desenvolvimento de sistemas de produção. Desde o início da operação até hoje, a Stellantis já impulsionou a instalação de 34 fornecedores em Pernambuco. A estratégia de atração de novas tecnologias e fornecedores para a região continua e a expectativa é que se instalem novas empresas no entorno do Polo, fortalecendo o processo de industrialização da Zona da Mata Norte e de Pernambuco.
Marchioro explica que os esforços também continuarão orientados para a formação e capacitação da mão de obra local e a consolidação de parcerias com universidades, institutos de pesquisa e áreas de excelência, para o desenvolvimento de talentos e novas competências. “Nesses sete anos construímos um verdadeiro ecossistema de inovação que hoje se reflete além dos produtos produzidos localmente. Temos projetos em parceria com centros de P&D localizados em outros países e planos de desenvolvimento de novos produtos e sistemas”, acrescenta.
Sustentabilidade
Comprometido com a sustentabilidade, o Polo Automotivo Goiana é o primeiro complexo multiplantas a se tornar Carbono Neutro na América Latina, no início de 2021. A iniciativa faz parte da estratégia de descarbonização da Stellantis, que tem como meta a neutralização de 100% das emissões de CO2 decorrentes da Manufatura até 2038, com uma redução de 50% já em 2030.
Desde o início de sua operação, o Polo é Aterro Zero, ou seja, todos os resíduos da produção são encaminhados para uma Ilha Ecológica que faz o tratamento desse material e sua correta destinação. Os resíduos são utilizados também como matéria-prima para o projeto de economia circular Vem Pra Roda, sendo transformados em artigos de moda, como bolsas, mochilas, calçados e outros itens. O índice de reciclabilidade de resíduos no Polo chega a 99,98%

 

Outro destaque é a gestão hídrica. O Polo alcançou um índice de 99,5% de reúso da água do ciclo industrial. Isto significa que, a cada mês, cerca de 23 mil metros cúbicos de água deixam de ser captados da rede pública de abastecimento, o equivalente a seis piscinas olímpicas ou ao consumo médio mensal de 7 mil pessoas.
Além disto, o Programa de Biodiversidade, criado como forma de resgatar o bioma nativo da região em que está instalada a fábrica, promove o resgate e a conservação da biodiversidade da Mata Atlântica. Como resultado do Programa Biodiversidade Jeep, já foram plantadas mais de 130 mil mudas de 289 diferentes espécies nativas, sendo 27 em risco de extinção. As mudas são produzidas em viveiro próprio, em um dos maiores projetos de conservação da Mata Atlântica no país.
Inovação
Nascido dentro dos conceitos da Indústria 4.0, o Polo Automotivo permanece na vanguarda da inovação no setor através de um time colaborativo e focado em superar os desafios do dia a dia. Hoje, soluções desenvolvidas internamente são exportadas para outras fábricas do grupo no mundo.
Em 2021, a Stellantis, a TIM e a Accenture uniram-se para lançar o primeiro piloto 5G standalone para a indústria automobilística no Brasil aplicado ao ambiente industrial por meio de uma rede privada, que utiliza inteligência artificial e cloud computing de forma inédita. A tecnologia está em testes na planta pernambucana.
Projetos sociais
Para além de seus muros, a Stellantis adotou a educação e a cultura como seus principais pilares de investimento social. Ao lado de parceiros importantes, está presente nos municípios próximos contribuindo para a melhoria da qualidade da educação pública e com o resgate e fortalecimento da cultura local com projetos como Educação Ambiental, Rota do Saber, entre outros.
Esse mês também marcou a conclusão do Vozes Daqui, um projeto para o desenvolvimento do protagonismo juvenil na educação pública e a atuação permanente de líderes da comunidade e professores e gestores escolares na melhoria contínua da educação. Mais de 5 mil alunos, mil professores e 260 lideranças e moradores de Goiana foram impactados pelo projeto, realizado em parceria com a Fundação Banco do Brasil e a AVSI.
350 mil unidades produzidas do Jeep Compass
Lançado em 2016 para reinventar o mercado de SUVs médios, o Jeep Compass alcançou a marca de 350 mil unidades produzidas no país. Além de ser vendido no mercado nacional, ele também é exportado para outros 12 países da América Latina, como Argentina, Uruguai e Chile a partir de Pernambuco.
O modelo é um dos mais desejados no país, sendo líder do segmento praticamente desde seu lançamento. No ano passado, recebeu atualizações para seguir sendo o número um da sua categoria e, ao lado do Jeep Commander, é um dos veículos nacionais mais tecnológicos produzidos no Brasil.

Artigo anteriorAdobe apresenta tendências para o marketing nos próximos anos
Próximo artigoWhopper Costela sem Costela: Procon-SP notifica Burger King
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui