Início Notícias Nova chamada de aceleradora apoiada pelo Fundo JBS pela Amazônia seleciona negócios...

Nova chamada de aceleradora apoiada pelo Fundo JBS pela Amazônia seleciona negócios de impacto na região

Inscrições seguem até 4 de maio, e selecionados receberão investimento de até R$ 600 mil

284
0


A AMAZ Aceleradora de Impacto, apoiada pelo Fundo JBS pela Amazônia, está com inscrições abertas para a nova chamada de negócios, que selecionará projetos inovadores para serem acelerados e receberem investimento de até R$ 600 mil. Os interessados podem se inscrever até às 18h (horário de Brasília) do dia 4 de maio no site amaz.org.br/chamada2022, local em que também está disponível o regulamento completo da iniciativa.

Estão aptos a participar da seleção startups, negócios de base comunitária, organizações e empresas que estejam promovendo projetos de impacto voltados à preservação da floresta, conservação da biodiversidade e desenvolvimento socioambiental da Amazônia, bem como geração de renda e qualidade de vida para as comunidades rurais e ribeirinhas. Serão consideradas iniciativas que já estejam com atividades em andamento: protótipo em fase de teste de mercado; produto testado em fase de lançamento; ou produto lançado em fase de captação ou expansão.

Esses negócios podem ser ligados aos setores de alimentação, beleza e cosméticos, biotecnologia, produtos da sociobiodiversidade, agricultura e pecuária sustentável, manejo e produção florestal sustentável, ecoturismo e/ou turismo de base comunitária, artesanato, moda, transporte, logística e comunicação, serviços financeiros, plataformas de comercialização e acesso a mercados, educação e empreendedorismo de impacto, mitigação e adaptação às mudanças climáticas, serviços ambientais e mercados de carbono, entre outros.

Os selecionados receberão investimento inicial de R$ 200 mil cada um e possibilidade de novo investimento de até R$ 400 mil ao fim do processo de aceleração, que deve se estender por seis meses. Além disso, contarão com benefícios como: programa de mentoria e acompanhamento, desenvolvimento da tese de impacto e modelagem de negócios, e acesso à rede de investidores e parceiros da AMAZ.

“O Fundo JBS pela Amazônia apoia iniciativas ligadas à bioeconomia na Amazônia, como é o case bem-sucedido da AMAZ, que potencializa negócios inovadores a contribuírem para a conservação e desenvolvimento da região amazônica”, destaca Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia.

“Em meio a condições extremamente desafiadoras e um ecossistema ainda nascente, os empreendedores enfrentam todo tipo de dificuldade para alavancar seu negócio na Amazônia. O papel da AMAZ é apoiar esse empreendedor com capital, conhecimento, conexões e tudo mais que for necessário para alavancar seu crescimento. Esperamos fomentar e criar na prática um ecossistema de impacto e inovação na Amazônia”, afirma Mariano Cenamo, CEO da AMAZ.

A AMAZ foi um dos seis primeiros projetos selecionados pelo Fundo JBS pela Amazônia, em junho do ano passado. Constituído em setembro de 2020, o Fundo busca promover ações de conservação e preservação do bioma Amazônia, a melhoria da qualidade de vida das comunidades locais e o desenvolvimento científico e tecnológico da região.

Artigo anteriorItaipava 100% Malte se destaca na novela “Pantanal” da TV Globo
Próximo artigoFrancis investe em campanha de expansão dos desodorantes perfumados da marca
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui