Início Notícias “CNN Séries Originais” estreia documentário sobre os 60 anos de Brasília

“CNN Séries Originais” estreia documentário sobre os 60 anos de Brasília

Nova série revela os bastidores da mudança que tirou do Rio de Janeiro o título de capital federal, as polêmicas na aprovação das obras e exibe trechos inéditos de uma das últimas viagens de Oscar Niemeyer à Brasília

992
1

No próximo domingo, dia 09/08, às 19h, o programa “CNN Séries Originais”, comandado por Evaristo Costa, inicia a exibição da nova série: “Brasília 60 Anos”.

A Sinfonia da Alvorada, composição de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, inspira os três episódios que falam da construção de Brasília. No primeiro episódio, denominado “Ato 1: O Planalto Deserto”, a equipe da CNN Brasil conta os bastidores da mudança que tirou do Rio de Janeiro o título de capital federal, para uma cidade construída do zero que passou a abrigar os palanques do poder e pessoas do país inteiro.

O episódio de estreia mostra o que era e o que se tornou Brasília, fruto de um projeto ambicioso do presidente Juscelino Kubitschek. Projetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa, a construção é aprovada pelo Congresso em 1956. Cercada por polêmicas, a realização da obra dividia opiniões: “O pressuposto básico é que isolar a capital é um mecanismo de defesa para um governo que não quer prestar contas, que quer se afastar da população”, diz o professor de Economia da USP, Bernardo Guimarães.

Os bastidores dessa mudança são contados por quem fez parte dessa história e viu tudo de perto, como Dea Murilo, esposa de Carlos Murilo – primo e amigo de JK –  “Ele (Juscelino) falava assim no avião: aqui vai ser o Palácio, aqui vai ser a Praça dos 3 Poderes, aqui vai ser não sei o quê. Eu falava: meu Deus do céu, coitado dele, não vai sair é nada”. Três anos depois do início das obras, Brasília é inaugurada em 21 de abril de 1960. Até hoje não se sabe quanto custou a capital federal.

Sessenta anos depois, a CNN mostra o resultado dessa mega construção: a capital projetada para ser o símbolo do desenvolvimento brasileiro é hoje também conhecida pela desigualdade. De um lado a arquitetura moderna, de outro a segunda maior favela do Brasil: a Sol Nascente. A equipe do canal revela a história da Dona Izabel: moradora dessa comunidade, e que trabalha no Tribunal de Contas da União. Ela gasta, em média, seis horas por dia só de deslocamento. São os contrastes da capital.

E ainda: trechos inéditos de uma das últimas viagens de Oscar Niemeyer à Brasília.

No segundo episódio do reality “Vivendo Como Você”, o “CNN Séries Originais” exibe a história de Margaret, uma pescadora aposentada de uma pequena comunidade em Lanchashire, na Inglaterra, que nunca se aventurou para fora de sua cidade; e de Kathy, uma empresária da movimentada e caótica Taipei, capital de Taiwan, que nunca tirou mais do que alguns meses de férias em toda sua vida. A combinação dos estilos de vida de ambas é a receita perfeita para um grande choque de realidade.

A atração apresentada por Evaristo Costa exibe ainda o terceiro episódio da série “Brasil: Terra de Quem? Quilombolas”. O CNN Séries Originais aprofunda a expedição pelos quilombos do Maranhão e revela a disputa por terra entre os descendentes de escravos e fazendeiros da região – marcada por cercas ilegais de arame farpado e até pela soltura de búfalos para pisotear as plantações dos colonos.


A equipe da CNN busca explicações do motivo da região conhecida como “campos alagados” elevar o número de conflitos por terra no Estado. Nesta expedição, os repórteres do canal são acompanhados pelos “Cavaleiros de Arari”, grupo de quilombolas, organizado pelos colonos, para fiscalizar e proteger as terras de invasões.

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia
    Sou natural do RS Porto Alegre gostaria de assistir novamente a série Terra de quem sobre a comunidade quilombola do Maranhão, realizado dia 09 de agosto as 19hs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui