Início Artigos Carlos Hilsdorf O melhor momento do varejo

O melhor momento do varejo

O planejamento para o natal do próximo ano deve começar assim que terminarem as comemorações do natal deste ano!

7
0

Todos sabem que o Natal é momento áureo do varejo brasileiro. Aguardamos por ele sempre com grande expectativa e certeza de bons negócios.  Porém, este pode ser nosso maior erro!

 

Eu sei que você estranhou a frase anterior. Explico: seria um erro esperarmos pelas vendas de natal apenas com expectativa! Devemos esperar pelo natal com o melhor planejamento e com estratégias eficientes para aproveitar não somente o que o momento mais aquecido das vendas pode nos oferecer, mas o que nós podemos obter dele.

 

Calculamos sempre o que vendemos a mais num período como este, mas esquecemos de calcular quanto deixamos de vender (vendas perdidas) e o quanto poderíamos ter vendido a mais (vendas não realizadas).  Ou seja, o grande erro é deixar as vendas somente por conta do natal… Elas são responsabilidade nossa, consideremos a época de natal como um grande incentivo adicional, mas não nos descuidemos de todos os detalhes necessários para obter o resultado máximo! Qualquer comportamento que não seja este equivale a acreditar que Papai Noel resolverá todos os nossos problemas descendo pela chaminé da loja…

 

Quando é que os carnavalescos de São Paulo e Rio de Janeiro começam a preparar suas próximas apresentações? Exatamente! No dia seguinte ao término do carnaval atual.  Porque os varejistas só começam a pensar no natal na segunda metade de Novembro?

 

O planejamento para o natal do próximo ano deve começar assim que terminarem as comemorações do natal deste ano!

Algumas sugestões:

1) Crie uma decoração própria de Natal: saia do básico com bolas tradicionais, festão e bonequinhos já desgastados de Papai Noel. Crie a sua atmosfera de Natal! Ela deve ser cativante, alegre, criativa e inovadora. Que seus Papais Noéis sejam verdes, laranja ou azuis, homens e mulheres, crianças e adolescentes, mas, sobretudo, diferentes dos demais. Que a iluminação e aromatização da loja celebrem uma época especial de paz, esperança, harmonia e renovação. Não se esqueça do aniversariante! Claro, sem transformar a loja em um templo, tente “materializar” a presença de Jesus em mensagens de natal espalhadas pela loja, na entrada, no check-out e, principalmente, no coração.

2) Crie promoções próprias. Além dos itens tradicionais de maior consumo nesta época, opte por trabalhar outros itens do mix pouco trabalhados pelos seus concorrentes. Não seja mais uma loja na multidão, mas sim uma loja o­nde se sente e vive o espírito de natal!

3) Faça uma seleção própria de músicas (não apenas natalinas) alegres e motivadoras, emocionantes e significativas para que as pessoas sejam tocadas pelo som que escutam em sua loja e não tenham que ouvir a AM ou FM de sempre, às quais sequer dão atenção. Lembre-se: em uma loja, tudo que não vende atrapalha as vendas!

4) Ofereça algo único, um cartão (físico ou virtual), uma mensagem, um serviço adicional, um brinde (útil), algo pensado especialmente para o seu cliente. Nossos clientes têm que perceber que pensamos neles mesmo quando eles não estão nas lojas.

5) Crie um visual novo para os colaboradores da sua loja, é certo que um gorro de Papai Noel já dá um ar de natal, mas você é capaz de pensar em algum muito melhor!

6) Crie listas de sugestões ou gôndolas especiais para promover diferenciais nos quais você tenha investido e a concorrência não. Natal é época de produtos diferentes, não ofereça apenas o básico do dia a dia oferecido durante o ano…

7) Exiba um vídeo em uma TV LCD com uma mensagem de Natal profunda, cheia de amor e fé na vida. Se puder, contrate uma empresa para produzir um só seu, se não, use um dos nossos da internet ou busque outro no Youtube, com alta resolução.

8) Não permita que seus colaboradores confundam agilidade com pressa. Loja cheia significa agilidade no atendimento e não pressa. A pressa faz cair a qualidade do atendimento e diminui as vendas!

9) Mantenha o gerente o mais livre possível de outras atribuições para que ele possa monitorar a qualidade do atendimento e facilitar negociações e decisões de clientes difíceis ou muito indecisos.

10) Certifique-se que quando o cliente sair da sua loja você tenha oferecido a ele uma excelente razão para lembrar com alegria de ter comprado de você!

 

Converse com toda sua equipe, busque sugestões de produtos, promoções, campanhas. Descubra todos os detalhes que permitem a você criar um natal diferente para os seus clientes.  Não se contente com o aumento natural de vendas que a época de natal traz. Faça tudo a seu alcance para superar suas mais otimistas expectativas de venda. Use toda a sua determinação, inteligência e dedicação para superar as melhores metas que você tenha estabelecido para o natal deste ano. Faça por merecer!

 

Não espere pelo Papai Noel, faça você com que o natal dos seus clientes seja Mágico!   Eu desejo que cada pessoa que entrar em sua loja tenha a chance de perceber o valor da sua história de vida, suas vitórias e superações. Que elas se emocionem por perceber que você pensou com carinho no natal delas e, que, sobretudo, Jesus, o divino aniversariante, é a razão maior de todas as nossas alegrias!  Feliz Natal e um resultado em vendas muito, mas muito maior do que aquele que você pensou em pedir para o Papai Noel!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here