Início Notícias Após suspeita de invasão virtual, e-commerce do Submarino e Americanas ficam fora...

Após suspeita de invasão virtual, e-commerce do Submarino e Americanas ficam fora do ar

O motivo seria um suposto ataque hacker realizado pelo grupo LAPSUS$.

569
0

Os comércios eletrônicos do Submarino e Americanas apresentaram instabilidade durante o sábado (19/02). O motivo seria um suposto ataque hacker realizado pelo grupo LAPSUS$, que também comunicou ser autor da invasão do site do Ministério da Saúde em dezembro de 2021 no final do ano passado.

Acessamos o site www.sumarino.com.br hoje, 20/02 às 13h55 e o domínio apresentava o seguinte erro:

No domingo, 20/02, os sites saíram definitivamente do ar.  Em um novo comunicado ao mercado a empresa afirma “que voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste domingo (20/02)”:

Americanas S.A.
CNPJ/ME n. 00.776.574/0006-60
NIRE 33.300.290.745
COMUNICADO AO MERCADO
Americanas S.A. (“Companhia”), em observância ao disposto na resolução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) n.º 44/21, em complemento às informações já divulgadas por meio do Comunicado ao Mercado de 19 de fevereiro de 2022, informa que voltou a suspender proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste domingo (20/02) e acionou prontamente seus protocolos de resposta assim que identificou acesso não autorizado. A companhia atua com recursos técnicos e especialistas para avaliar a extensão do evento e normalizar com segurança o ambiente de e-commerce o mais rápido possível. A Companhia reitera que trabalha com rígidos protocolos para prevenir e mitigar riscos. As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permanecem operando.

Rio de Janeiro, 20 de fevereiro 2022.
Miguel Gutierrez
Diretor de Relações com Investidores

Confira o comunicado ao mercado realizado pela Americanas no dia 19/02:

Americanas S.A.
CNPJ/ME n. 00.776.574/0006-60

NIRE 33.300.290.745
COMUNICADO AO MERCADO
Americanas S.A. (“Companhia”), em observância ao disposto na resolução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) n.º 44/21, informa que suspendeu preventivamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce na madrugada deste sábado (19/02), assim que identificou risco de acesso não autorizado. Os ambientes foram normalizados às 15h16 do mesmo dia e não há evidência de comprometimento das bases de dados. As lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permaneceram operando normalmente.

Rio de Janeiro, 19 de fevereiro 2022.
Miguel Gutierrez
Diretor de Relações com Investidores

De acordo com o site, Downdetector, muitos consumidores relataram dificuldade para acesso aos sites relacionados.

Artigo anteriorKantar IBOPE Media: Investimentos em mídia OOH são retomados com avanço da vacinação
Próximo artigoLuccas Neto abre loja na Amazon
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui