Início Notícias C6 Bank reduz anuidade da Conta Global de Investimentos

C6 Bank reduz anuidade da Conta Global de Investimentos

Com isso, mais investidores brasileiros terão acesso a ativos do mundo inteiro pelo app do banco

451
0


Desde o ano passado, o C6 Bank oferece aos clientes a possibilidade de investir direto no exterior pelo aplicativo do banco com a Conta Global Investimentos. Agora, o banco reduziu a taxa de manutenção anual da conta, de US$ 500 para US$ 120. Com a redução, mais investidores poderão ter acesso a uma variedade de ativos do mercado internacional. “Queremos dar a oportunidade de diversificação internacional para um público que não tinha essa opção”, diz Igor Rongel, head de investimentos do C6 Bank.

Lançada em abril de 2021, a plataforma de investimentos até então inédita no Brasil foi pensada especialmente para um público com maior capacidade de investimento e mais tolerante a riscos. Com ela, é possível investir em produtos de renda fixa mais sofisticados, como os bonds, e em fundos estrangeiros. A conta, com saldo em dólares, está sediada na agência do C6 Bank nas Ilhas Cayman.

A plataforma possui cerca de 150 fundos mútuos, com aplicações mínimas a partir de US$ 1.000, e fundos de hedge, em que o investimento mínimo é de US$ 25 mil. Para ter acesso aos fundos mútuos, é preciso abrir uma conta internacional no C6 Bank e fazer uma remessa em dólar. A primeira remessa mínima para a Conta Global de Investimentos é de US$ 10 mil. As seguintes podem ser feitas a partir de US$ 1.000.

A possibilidade de diversificação oferecida pela conta tem atraído os investidores brasileiros, já que aplicar os recursos em ativos de outras partes do mundo é uma forma de proteger a carteira das incertezas na economia interna e de volatilidades do mercado brasileiro.

O processo é mais simples e vantajoso do que as opções disponíveis no mercado brasileiro para quem quer investir fora do país. Antes da Conta Global de Investimentos do C6 Bank, era necessário abrir conta em uma corretora ou banco estrangeiros para ter acesso a esse tipo de ativos internacionais. Mesmo no segmento de private banking, o acesso a hedge funds é restrito, por serem fundos com poucas janelas de captação e com foco limitado nos clientes de varejo.

Para o cliente ter acesso a todas as opções da conta, além da taxa anual que passa a ser de US$ 120, é cobrada uma taxa de 0,1% a 0,6% sobre o valor enviado para a conta no exterior. No caso dos fundos, há também um custo de transação, que é de US$ 28 para investir ou fazer o resgate.

Artigo anteriorTAG HEUER apresenta o TAG Heuer Formula 1 Red Bull Racing Especial Edition
Próximo artigoPodcast: 1 em cada 4 brasileiros pretende continuar fazendo compras online diariamente após a pandemia, aponta pesquisa
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui