Início Notícias LATAM Cargo amplia em quase 10% a sua capacidade em novembro para...

LATAM Cargo amplia em quase 10% a sua capacidade em novembro para atender a demanda de fim de ano no Brasil

Alta temporada cargueira compreende o mês de novembro e a primeira quinzena de dezembro, com destaque para as encomendas da Black Friday e das festas de dezembro

229
0
Divulgação


A LATAM Cargo, unidade de cargas do Grupo LATAM, está ampliando a sua capacidade doméstica no Brasil em quase 10% neste mês, em comparação com outubro de 2021, para atender a alta de demanda pelo serviço de transporte cargueiro derivada no período da Black Friday e do final de ano. A demanda é atendida por meio de uma frota cargueira de 3 aeronaves, além do embarque de encomendas diretamente no porão dos 126 aviões de passageiros da LATAM no País. Ao todo, são 241 rotas para 44 destinos nacionais.

Para dar suporte à maior movimentação de produtos do e-commerce e de eletrônicos, a LATAM reforçou rotas em todas as regiões do Brasil, com destaque para Guarulhos-Fortaleza (crescimento de 30% na capacidade em quilos), Guarulhos-Manaus (38% de ampliação), Guarulhos-Belém (mais 50%) e Guarulhos-Recife (mais 78%).

“Até a primeira quinzena de dezembro de 2021, a LATAM Cargo coloca todos seus recursos e esforços para atender a todos os clientes no Brasil com um produto cada vez mais competitivo e muito ágil. A Black Friday 2021, por exemplo, é a primeira do éFácil, o serviço porta-a-porta que lançamos em junho de 2021 para oferecer coleta em 255 cidades e entrega em 3.455 localidades de todo o Brasil”, destaca Otávio Meneguette, diretor da LATAM Cargo Brasil.

Cargas internacionais: atenção às oportunidades e liderança no Brasil

No mercado internacional de cargas de/para o Brasil, a LATAM Cargo permanece atenta ao forte aumento na demanda de importação e exportação de produtos fármacos, e-commerce, eletrônicos e seus componentes, além de partes e peças para o setor automotivo e a indústria de forma geral.

Em outubro, o grupo LATAM Cargo, por meio de suas subsidiárias LATAM Brasil, LAN Chile, LAN Peru, ABSA e LAN Cargo, conquistou novamente a liderança no segmento aéreo internacional no Brasil, com participação de 19% segundo a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Novamente, a empresa conseguiu absorver parte da demanda internacional impactada pelo desajuste do modal marítimo internacional e a falta de contêineres

Artigo anterior#QUEMDISSEMARINA – Quem Disse, Berenice? assina a beleza de novo clipe da cantora hit do momento, Marina Sena
Próximo artigoGil é correspondente da Casas Bahia e mostra ofertas diretamente dos EUA
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui