Início Notícias Digital Microsoft: NBA cria plataforma em nuvem para oferecer experiências personalizadas aos fãs

Microsoft: NBA cria plataforma em nuvem para oferecer experiências personalizadas aos fãs

Com recursos de IA do Microsoft Azure, a NBA CourtOptix fornece conteúdos significativos e personalizados aos fãs, que atendem às suas preferências individuais

184
0
Divulgação

Com o intuito de melhorar a experiência dos fãs com os jogos de basquete, a NBA criou a NBA CourtOptix, uma plataforma com base no Microsoft Azure orientada diretamente para o consumidor, que utiliza os recursos da nuvem para transformar bilhões de pontos de dados em métricas precisas sobre jogadores e jogos e combiná-las com as preferências individuais de sua base de fãs. Com o CourtOptix, a NBA espera entender melhor como os fãs consomem seus produtos, o que os interessa do ponto de vista do conteúdo, quais dispositivos usam e outras métricas importantes que a ajudarão a adaptar corretamente o conteúdo para cada um.

As informações analisadas pelo sistema para a geração de conteúdo vêm de um parceiro da liga que fornece rastreamento de jogadores para cada jogo da NBA, onde as câmeras monitoram os seus movimentos e a bola 25 vezes por segundo durante todo o jogo, resultando em cerca de 1,5 milhão de coordenadas geográficas por jogo. O rastreamento total de jogadores equivale a quase 2 bilhões de pontos de dados durante a temporada da NBA.

Com até 10 bilhões de interações entre os fãs e a liga diariamente, a conexão entre eles está se tornando cada vez mais digital, o que motivou a NBA a explorar novas formas de proporcionar uma experiência ainda melhor através da tecnologia, o que foi alcançado com uma plataforma abrangente e direta ao consumidor que une dados com as preferências individuais de cada um, resultando em mais satisfação e envolvimento.

Para processar todas essas informações, a NBA conta com as soluções de inteligência artificial, aprendizagem de máquina e programação do Microsoft Azure. “Com o Azure, podemos fazer toda essa análise de dados e personalização em escala”, explica Ken DeGennaro, Vice-presidente sênior de Operações e tecnologia de mídia da National Basketball Association. “Nossos sistemas locais são fisicamente limitados. Agora, com a nuvem, temos o poder da computação para fazer coisas mais inovadoras em tempo real, sem prejudicar as barreiras tecnológicas passadas. É como uma revolução de dados.”

Com o apoio da Microsoft, a liga pretende continuar desenvolvendo o NBA CourtOptix para fornecer aos fãs exatamente o que eles buscam. “É importante fornecer aos fãs experiências que façam com que eles continuem voltando e demonstrem que realmente valorizamos o tempo que eles passam conosco. Se eles vão passar um tempo com a NBA, nos certificaremos de que esta seja a experiência mais satisfatória possível, e a Microsoft está nos ajudando nisso.” finaliza DeGennaro.

Artigo anteriorFortaleza e Richester estão entre as 20 marcas preferidas pelos brasileiros no e-commerce
Próximo artigoFord usa gamificação para teste de veículos
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui