Início Notícias GM detalha plano para dobrar sua receita e gerar margens ainda mais...

GM detalha plano para dobrar sua receita e gerar margens ainda mais altas

A previsão é dobrar as receitas anuais e expandir as margens do EBITDA ajustado de 12% para 14%

225
0
General Motors Chair and CEO Mary Barra addresses investors Wednesday, October 6, 2021 at the GM Tech Center in Warren, Michigan. (Photo by Steve Fecht for General Motors)

A General Motors apresentou um roteiro detalhado de como a empresa planeja dobrar sua receita anual e expandir as margens de 12 para 14% até 2030, como resultado da transformação da GM em uma empresa de crescimento impulsionado por EVs, serviços conectados e novos negócios.

“A GM já mudou o mundo antes e está fazendo de novo”, disse a presidente e CEO da GM, Mary Barra”. Temos vários impulsionadores de crescimento a longo prazo e nunca estive tão confiante e animada com as oportunidades que estão por vir.”

A GM concluiu o primeiro de dois dias de reuniões com investidores compartilhando seus planos de crescimento. Líderes – muitos dos quais recentemente se juntaram à GM vindos de outras empresas – detalharam como as plataformas de hardware e software da GM se combinarão para criar crescimento, expandir margens, agregar novos clientes e diversificar receitas.

“A GM está alavancando uma história de crescimento secular que está mudando a trajetória do nosso negócio”, disse Paul Jacobson, vice-presidente executivo e diretor financeiro. “Em termos simples, estamos em um ponto de inflexão em que esperamos que a receita dobre até 2030 e, ao mesmo tempo, aumentando nossas margens. Faremos isso expandindo nosso negócio principal de desenhar, construir e vender veículos a combustão, veículos elétricos e autônomos, desenvolver softwares e serviços com altas margens, além de entrar em novos negócios”.

De acordo com Jacobson, as metas financeiras da GM incluem:

  • Crescimento da receita com diversificação aprimorada: A GM delineou seu caminho para dobrar o faturamento anual de uma média de cinco anos de cerca de US$ 140 bilhões até o final da década, com softwares e novos negócios crescendo em quase 50% de CAGR até 2030 e o principal negócio de automóveis da empresa impulsionando o crescimento .
  • Expansão de margem: A GM acredita que sua transformação pode fornecer margens de 12 a 14% até o final da década, com as principais margens do negócio automotivo se expandindo à medida que a penetração de EVs aumenta, os custos de bateria diminuem e a empresa amplia a oferta de softwares de margens mais altas e novas plataformas de negócios.
  • Plataformas atraentes: A GM projeta que a receita de EVs cresça cerca de US$ 10 bilhões em 2023 para aproximadamente US$ 90 bilhões anualmente até 2030, à medida que a empresa lança vários EVs atrativos em segmentos de alto volume. A GM vislumbra um caminho onde veículos conectados e novos negócios movimentem mais de US$ 80 bilhões em receita suplementar, com a maior parte do crescimento acelerando durante a metade da década à medida que eles ganhem volume.
  • Comercialização do Cruise: Com a Cruise, a GM está posicionada como líder de mercado em serviços autônomos com potencial para entregar US$ 50 bilhões em receita anual até o final da década.
  • Gastos de capital com financiamento interno:  Os gastos anuais de capital da GM, incluindo investimentos em joint ventures Ultium, devem estar na faixa de US$ 9 bilhões a US$ 10 bilhões no médio prazo, à medida que a empresa passe para um portfólio majoritário de EVs. Devido aos fortes ganhos da GM e à expansão das margens, a empresa  espera financiar integralmente esses investimentos por meio de recursos gerados internamente.
  • Forte conversão de liquidez: GM espera atingir uma taxa de conversão de liquidez de 80 a 90% na segunda metade da década.
  • Balanço Forte: O forte balanço patrimonial da GM permitirá que a empresa continue investindo em suas prioridades de crescimento enquanto mantém uma classificação de grau de investimento, que é importante para o crescimento a longo prazo.

Oportunidades para EVs, softwares, serviços habilitados e novos negócios

Durante o primeiro dia de apresentações e discussões com investidores, os líderes da GM descreveram como as plataformas Ultium e Ultifi sustentam a estratégia de crescimento da empresa.

As oportunidades são muito impressionantes:

  • A GM projeta oportunidades anuais de receita de software e serviços na faixa de US$ 20 bilhões a US$ 25 bilhões com um volume de 30 milhões de veículos conectados até o final da década, gerando margens aproximadas de 50%. A OnStar já é a plataforma líder de conectividade do setor, com mais de 16 milhões de veículos conectados rodando atualmente, gerando uma receita anual projetada de US$ 2 bilhões. Parte do crescimento de software e serviços da GM vem do Seguro OnStar, projetado para ter uma oportunidade potencial de receita de mais de US$ 6 bilhões anualmente até o final da década.
  • O CEO da Cruise, Dan Ammann, forneceu aos investidores detalhes sobre a comercialização e os esforços para ampliar rapidamente a escala da Cruise enquanto se prepara para lançar o Cruise Origin AV.
  • A BrightDrop, uma nova empresa da GM que está construindo um ecossistema conectado e eletrificado de produtos e serviços de entrega para clientes comerciais, espera fornecer US$ 5 bilhões em receita até meados da década e potencialmente US$ 10 bilhões até o final da década, aproximando-se de margens de 20%. A van elétrica EV600, com a Plataforma Ultium, está sendo lançada agora e a EV410 no ano que vem.
  • A GM tem um portfólio de 20 novos negócios de startups – vários já lançados– outros próximos ao lançamento – ajudando a fornecer um portifólio constante de inovação e potenciais novos fluxos de receita. Os executivos forneceram uma prévia de uma startup de desenvolvimento de software totalmente nova, internamente chamada de Future Roads, que usa análise de dados para criar a visão de estradas e comunidades mais seguras.

A GM também anunciou que está ampliando investimentos em infraestrutura de recarga para 750 milhões de dólares até 2025, cobrindo todas as modalidades de recarga, incluindo casa, locais de trabalho e públicos nos Estados Unidos e Canadá. Este investimento crescerá de forma significativa para ampliar o acesso a pontos públicos confiáveis de recarga com a experiência superior do sistema Ultium Charge 360.

Artigo anteriorPEUGEOT Sport comemora 40 anos de inovação e sucesso
Próximo artigoPiraquê lança movimento artístico: Batatismo
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui