Início Notícias Inscrições abertas para o 2º Prêmio Fundação Grupo Volkswagen

Inscrições abertas para o 2º Prêmio Fundação Grupo Volkswagen

Premiação irá selecionar organizações que serão aceleradas e poderão receber R$ 100 mil

215
0
Da esq. para dir.: Amanda Lima, do Instituto MeViro, Lilian Prado, da ONG Acreditar e Cadu Ronca, do Instituto Aromeiazero, vencedores do 1º Prêmio Fundação Grupo Volkswagen 2019 | Créditos: Acervo Fundação Grupo VW

Estão abertas as inscrições para a 2ª edição do Prêmio Fundação Grupo Volkswagen, realizado em parceria com a Yunus Corporate, unidade de inovação social corporativa da Yunus Negócios Sociais. A premiação irá reconhecer projetos de impacto social de todo o Brasil, alinhados à missão da Fundação e às suas três causas de atuação: mobilidade urbana, mobilidade social e inclusão de pessoas com deficiência.

Durante o processo, serão selecionadas seis organizações sem fins lucrativos para participar do Programa de Aceleração, com duração de doze semanas. Essa etapa inclui capacitação, mentorias com especialistas, consultoria customizada e incentivo à criação de redes, por meio de atividades e encontros on-line. Após essa fase inicial e a apresentação virtual dos projetos a uma banca julgadora, três organizações sociais serão escolhidas e premiadas com R$ 100 mil cada uma. Além disso, ao longo de 2022, elas terão suas ações acompanhadas pela Fundação e a Yunus, com foco em seu desenvolvimento institucional.

“Em sua segunda edição, o Prêmio Fundação Grupo Volkswagen vem se consolidando como um dos principais editais do Brasil voltados ao fortalecimento de organizações da sociedade civil, por meio de formações de ponta e de apoio financeiro. Mais do que isso, com a premiação e a parceria com a Yunus, queremos aproximar o terceiro setor de metodologias inovadoras e do universo dos chamados negócios sociais, sem descuidar das particularidades das organizações sem fins lucrativos. Assim, esperamos contribuir para a solução de desafios concretos nas causas abraçadas pela Fundação”, afirma Vitor Hugo Neia, Diretor de Administração e Relações Institucionais da FGVW.

Para a Yunus, o programa também é uma oportunidade de mostrar que  os negócios sociais  caminham de mãos dadas com as organizações sociais em termos de intencionalidade e propósito de existência e é de extrema importância manter essa finalidade de impacto positivo de transformação. “Além do impacto, a nossa aceleração pretende ajudar essas organizações a encontrarem modelos de sustentabilidade financeira, que vão para além dos formatos tradicionais de captação de recursos, e que permitam que a organização e o seu impacto se mantenha no tempo de forma sustentável”, explica Rui Lira, Head de Inovação Aberta da Yunus.

As linhas de atuação dos projetos elegíveis incluem, entre outros temas, geração de renda em territórios vulneráveis e periféricos, empreendedorismo feminino, educação inclusiva para pessoas com deficiência e tecnologias e inovação para a mobilidade urbana. As inscrições estarão disponíveis de 24 de junho a 21 de julho de 2021, às 18h, horário de Brasília. Para conhecer o edital e se inscrever, acesse https://bit.ly/3gSijWM.

Diversidade e inclusão: Em linha com os valores e a estratégia de investimento social da Fundação Grupo Volkswagen, os critérios de seleção dos finalistas para o Programa de Aceleração englobam o incentivo à diversidade, tanto da equipe responsável pela organização quanto do público-alvo dos projetos inscritos. Nesse sentido, serão levados em conta aspectos relacionados à raça, gênero, orientação sexual, idade e deficiência, além da região de origem da organização social.

Histórico: Realizado desde 2019, o Prêmio Fundação Grupo Volkswagen tem periodicidade bienal, uma vez que inclui não somente a formação e o patrocínio das organizações, mas também seu acompanhamento no ano seguinte ao lançamento do edital. Na 1ª edição, a premiação recebeu 406 inscrições de todos os estados e Distrito Federal. Foram vencedores o Instituto Aromeiazero (mobilidade urbana), a ONG Acreditar (mobilidade social) e o Instituto MeViro (inclusão de pessoas com deficiência).

Artigo anteriorBRF investe na startup Aleph Farms para produção de carne cultivada
Próximo artigoTAG Heuer conquista localizações icônicas ao redor do mundo com a nova campanha do TAG Heuer Aquaracer
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui