Início Notícias Bradesco aprimora estratégias em prol da comunicação inclusiva

Bradesco aprimora estratégias em prol da comunicação inclusiva

A iniciativa é mais uma a integrar a plataforma #AliadosPeloRespeito, criada pelo banco para discutir, interna e externamente, causas relacionadas à equidade de gênero, etnias, pessoas com deficiência e o universo LGBTI+.

665
0
Reprodução

Há exatamente um ano, o Bradesco estreava em uma campanha institucional um movimento em prol da inclusão de pessoas com deficiência visual e auditiva, disponibilizando a partir daquele momento, em todos os seus filmes publicitários, versões com tradução em libras, legenda e audiodescrição, em uma playlist exclusiva em seu canal no YouTube. Agora, o banco anuncia mais um importante movimento no âmbito da inclusão social e diversidade, substituindo a terminologia “Pra cego ver” por “Pra todo mundo ver”.  

Além de usar as melhores práticas de linguagem neutra de gênero, o Bradesco optou por reduzir e simplificar a descrição e indicação da versão acessível no YouTube e de seus posts nas demais redes sociais. As alterações pretendem incluir, representar e acolher todas as pessoas: idosos, pessoas com baixa visão e que têm outros tipos de deficiências como Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e TEA (Transtorno do Espectro do Autismo).   

“O Bradesco foi pioneiro no uso amplo de legendagem descritiva em posts de redes sociais e em seus sites. Continuamos guiados por nosso propósito de inclusão e democratização, para que todos tenham acesso à informação de forma igualitária. Esperamos contribuir com reflexão, para que marcas de todos os setores pensem em acessibilidade em todos os âmbitos, incluindo a criação de seus conteúdos”, comenta o diretor de Marketing do Bradesco, Márcio Parizotto.  

A iniciativa é mais uma a integrar a plataforma #AliadosPeloRespeito, criada pelo banco para discutir, interna e externamente, causas relacionadas à equidade de gênero, etnias, pessoas com deficiência e o universo LGBTI+. A partir desse movimento nasceram grupos de afinidade internos, formados por funcionários, que discutem visões, processos de melhoria e caminhos que ajudem a empresa a seguir evoluindo e que construam alicerces para as ações externas como essa.  

Artigo anteriorJeronimo Burger chega na famosa Rua Oscar Freire
Próximo artigoMosaic Fertilizantes lança campanha institucional
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui