Início Notícias AWS Clean Energy Accelerator for Startups: primeira aceleradora da AWS focada em...

AWS Clean Energy Accelerator for Startups: primeira aceleradora da AWS focada em fomentar inovações em tecnologias limpas com startups

Saiba mais sobre AWS Clean Energy Accelerator e como se inscrever. Veja como a AWS auxilia clientes e parceiros de energia. Entenda como a Freshwater Advisors está ajudando a conectar empresas a ecossistemas empreendedores.

357
0

Abordar mudanças climáticas requer inovação em todo o mundo, em todas as indústrias e em startups e corporações multinacionais. De energia distribuída a soluções de armazenamento e softwares de eficiência e otimização — o investimento em tecnologia limpa e a inovação estão aumentando. 

Com esse aumento na demanda, surge uma rápida proliferação de startups que trabalham para resolver os principais desafios energéticos atuais. Para ajudar a fomentar essa inovação, a Amazon Web Services (AWS) está lançando o AWS Clean Energy Accelerator.

AWS Clean Energy Accelerator é a primeira aceleradora da AWS focada em promover o rápido crescimento de inovações de tecnologia limpa. O objetivo é ajudar as startups que trabalham com energia limpa a acelerar seu impacto, acessar recursos adicionais e expandir seu alcance. As inscrições estão abertas a partir de hoje e as propostas podem ser entregues até 4 de junho de 2021. A AWS está oferecendo essa oportunidade em colaboração com a Freshwater Advisors, consultoria nacional de inovação e catalisadora de risco. Nos últimos oito anos, a Freshwater executou missões de scouting de tecnologia para mais de vinte empresas líderes nos setores de energia e indústria, buscando fazer parcerias com as mais brilhantes startups emergentes focadas em tecnologia para trazer novas soluções inovadoras ao mercado.

“Investir em energia renovável é uma das muitas ações que a Amazon está tomando como parte do Climate Pledge, um compromisso de ser carbono zero até 2040, dez anos antes do Acordo de Paris. Esse compromisso exigirá inovação de organizações estabelecidas em larga escala a startups em todo o setor de energia”, afirma Shane Owenby, vice-presidente de energia na AWS. “É por isso que estamos apoiando os criadores de tecnologias limpas para acelerar a implantação de suas inovações por meio de programas como o AWS Clean Energy Accelerator”.

 A AWS e a Freshwater Advisors estão aceitando inscrições de startups que trabalham com tecnologia limpa para armazenamento de energia, monitoramento, utilização e armazenamento de captura de carbono (CCUS), atividade sísmica, geração de hidrogênio para energia, rede inteligente, otimização geotérmica, ciência de materiais, bem como outras áreas de oportunidade.

“Nos últimos oito anos, a Freshwater conduziu missões de scouting de tecnologia para mais de vinte corporações líderes nos setores de energia e indústria, buscando fazer parcerias com as mais promissoras startups para viabilizar novas soluções diferenciadas. AWS Clean Energy Accelerator oferece uma plataforma única para catalisar essas colaborações e trazer novas soluções para o mercado”, diz David Weinstein, fundador e diretor executivo da Freshwater Advisors. “Estamos muito honrados por trabalhar com a AWS para lançar esta nova aceleradora. Trabalharemos em soluções colaborativas para ajudar a resolver a crise energética e climática”. 

A empresa irá avaliar os pedidos com base em diversos fatores, incluindo a inovação e a natureza única do projeto, o valor global que a solução trará para a indústria, a aplicação criativa da AWS para resolver problemas e a capacidade da equipe de entregar uma oportunidade identificada. 

A AWS e a Freshwater Advisors selecionarão dez startups para participar desta aceleradora de cinco semanas. As startups selecionadas podem receber crédito promocional AWS Activate, bem como mentoria técnica, de negócio e go-to-market de especialistas em energia limpa da AWS. O programa também oferecerá oportunidades de colaboração com clientes de energia da AWS e membros da Amazon Partner Network (APN) em busca de soluções de energia limpa.

Artigo anteriorEurofarma é a primeira farmacêutica a neutralizar 100% de suas emissões diretas de CO²
Próximo artigoeBay expande sua gestão de pagamentos para o Brasil
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui