Início Notícias Após prisão de Carlos Ghosn, Renault nomeia Thierry Bolloré como novo CEO

Após prisão de Carlos Ghosn, Renault nomeia Thierry Bolloré como novo CEO

71
0
Divulgação

O conselho de administração da Renault se reuniu em assembleia em 24 de janeiro de 2019 às 10h, sob a presidência do Sr. Philippe Lagayette, consultor externo.
Tendo tomado conhecimento da renúncia de seu atual presidente do conselho e CEO, o conselho elogiou o percurso da Aliança, que a permitiu alcançar o posto de líder mundial de vendas entre as montadoras de automóveis.
O conselho de administração decidiu implementar uma nova governança na Renault e, ao mesmo tempo, dissociar as funções de presidente do conselho e CEO.
Além de todas as funções normalmente assumidas pelo presidente do conselho, o novo presidente do conselho de administração da Renault deverá avaliar e, se necessário, alterar a governança da Renault, principalmente para assegurar a transição para a nova estrutura. Ele apresentará suas propostas sobre a evolução da governança no conselho de administração antes da próxima assembleia geral dos acionistas.
O conselho de administração da Renault também deseja supervisionar ativamente o funcionamento da Aliança e decidiu confiar ao seu presidente a plena responsabilidade da pilotagem da Aliança em nome da Renault, em conjunto com o CEO.
Desta forma, o presidente do conselho de administração da Renault será o principal interlocutor do parceiro japonês e dos outros parceiros da Aliança, para qualquer discussão sobre a organização e a evolução da Aliança. Ele submeterá ao conselho de administração qualquer novo acordo da Aliança que lhe pareça benéfico ao futuro da Renault. Ele será o principal representante da Renault nos órgãos de direção da Aliança e na Nissan, quando a Renault tiver um direito de proposta.
O CEO coordenará para a empresa as atividades da Aliança no campo operacional, sob a autoridade do presidente.
O conselho escolheu o Sr. Jean-Dominique Senard como novo diretor, elegendo-o como presidente do conselho.
O conselho também nomeou Thierry Bolloré para o cargo de CEO.
Por último, o conselho expressa sua confiança na nova liderança e deseja pleno sucesso em suas missões.

Sobre o Grupo Renault
Produzindo automóveis desde 1898, o Grupo Renault é um grupo internacional presente em 134 países, tendo vendido quase 3,9 milhões de veículos em 2018. O Grupo emprega atualmente mais de 180.000 colaboradores, tem 36 unidades industriais e 12.700 pontos de venda espalhados pelo mundo. Para responder aos grandes desafios tecnológicos do futuro e manter sua estratégia de crescimento rentável, o Grupo se apoia no desenvolvimento internacional, na complementariedade de suas 5 marcas (Renault, Dacia, Renault Samsung Motors, Alpine e LADA), nos veículos elétricos e em sua inigualável aliança com a Nissan e a Mitsubishi. Com uma escuderia na Fórmula 1, a Renault faz do automobilismo esportivo um vetor de inovação e notoriedade da marca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here