Início Artigos Marcos Hashimoto Como você recompensa seus melhores talentos?

Como você recompensa seus melhores talentos?

O segredo dos líderes para reter talentos é descobrir a pessoa que existe por trás de cada profissional importante na sua equipe.

9
0

Um dos maiores desafios dos líderes de hoje é reter bons talentos. A concorrência por profissionais bem qualificados aumenta na mesma proporção em que estes se tornam mais raros com o sistema educacional vigente no país. Reter bons talentos é uma poderosa arma estratégica que poucos líderes conseguem ser bem sucedidos. Normalmente se dedicam altos orçamentos para recompensas, premiações e bônus, como se dinheiro fosse o principal incentivo para reter verdadeiros talentos. Na verdade, os melhores profissionais sabem que podem conseguir dinheiro em qualquer lugar. Se eles decidem ficar e não cair no canto da sereia do concorrente é por um ou mais motivos mais importantes para eles, que pode variar de pessoa para pessoa entre as seguintes opções: relacionamento com a liderança, ambiente agradável, clima de coleguismo e cooperação, trabalhos interessantes e desafiadores, oportunidades de aprendizado e crescimento profissional, reputação e imagem da empresa, liberdade e autonomia.

 

O segredo dos líderes para reter talentos é descobrir a pessoa que existe por trás de cada profissional importante na sua equipe. Vou ilustrar com um exemplo. Uma vez eu e minha equipe passamos por uma situação bastante exigente, no qual todos tinham que se engajar para conseguir terminar um trabalho emergencial dentro de um prazo exíguo. Alguns se dedicaram além do que eu podia exigir, dentre os quais, Meirelles, que, com sua experiência de mais de 20 anos na empresa, era imprescindível para evitarmos retrabalho.

 

Deixou de lado a família para ajudar na força-tarefa. Foram alguns fins de semana e noites para dar conta do recado. Meirelles era o mais dedicado e foi graças a ele que conseguimos atingir as metas e receber reconhecimento da matriz americana pelos resultados obtidos. Depois que tudo acabou, levei Meirelles e sua família para jantar em um dos mais luxuosos restaurantes de São Paulo na época. Meirelles me contou depois que aquele reconhecimento foi muito importante não só para ele, mas sobretudo para sua família, que sentiu falta do marido e pai, mas entendeu, naquela noite, com os meus elogios regados ao melhor vinho, a importância do trabalho do pai. O valor que gastei naquela noite foi irrisório perto do benefício gerado que, neste caso, foi o orgulho da família pelo bom trabalho do pai e marido. Se usarmos bem o orçamento para recompensar os funcionários com aquilo que é mais importante e valorizado para eles, no caso de Meirelles, a família, você verá que gastará muito menos e aumentará as chances de ganhar a confiança deles. A própria esposa de Meirelles me disse, em outra ocasião, que a concorrência pode oferecer o que quiser para ele que ela jamais o deixará abandonar este emprego.

 

Por isso, esteja sempre próximo de seus funcionários mais importantes, conheça-os bem, entenda o que desperta sua motivação pelo trabalho, mostre para eles o significado do que eles fazem, seja transparente e honesto com eles e estabeleça uma relação de confiança mútua e eles o seguirão para onde você for.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here