Início Notícias Valor Econômico cria canal dedicado à cobertura de criptoativos

Valor Econômico cria canal dedicado à cobertura de criptoativos

O novo espaço, Canal Criptomoedas, estará disponível na segunda-feira

326
0


O Valor Econômico lança na segunda, dia 13 de junho, um novo canal online dedicado à cobertura de criptoativos, que será totalmente aberto para o público em geral. Hospedado no site do Valor, o Canal Criptomoedas abordará diversos assuntos que permeiam o universo dos ativos digitais. Os conteúdos podem ser acessados em https://valor.globo.com/criptomoedas/.

O novo canal, que conta com o patrocínio do Mercado Bitcoin, trará reportagens sobre a negociação de criptomoedas e demais ativos, a importância da regulação do setor no Brasil e no mundo, negócios que surgem com a tecnologia blockchain, o impacto das chamadas finanças descentralizadas na economia e no mundo dos negócios, a tokenização de diferentes ativos e direitos de propriedade, como obras de arte, cuidados e oportunidades de investimentos no universo cripto, entre outros temas.

Maria Fernanda Delmas, diretora de redação do Valor Econômico, explica que a ideia do canal veio do interesse dos leitores em conteúdos sobre criptoativos: “Nossos leitores têm mostrado grande interesse por criptoativos. O Valor aposta em um ambiente especial para ajudá-los a navegar pelos diversos ângulos dessa cobertura: o desempenho financeiro diário; as opções de investimento e os novos produtos; os debates globais sobre regulação para dar mais segurança ao mercado; e as visões dos principais especialistas e autoridades. Se o papel da boa informação e da apuração aprofundada é sempre fundamental, é mais ainda em um tema tão novo.”

“Cada vez mais, a nova economia digital vem ganhando relevância na vida das pessoas e consequentemente, a cobertura jornalística sobre os temas da criptoeconomia e suas tecnologias precisa acompanhar essa evolução. Estamos muito felizes em fazer parte do projeto do canal cripto do Valor Econômico e contribuir para que a informação de qualidade, que já é marca registrada do Grupo Globo, possa chegar a mais pessoas”, comenta Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin.

Além do canal digital, o conteúdo também estará presente nas demais plataformas do Valor, como jornal impresso, Valor PRO e redes sociais.

Artigo anteriorCFA: Prêmio Belmiro Siqueira dará R$ 50 mil em prêmios
Próximo artigoCerveja atinge nível histórico de consumo no Brasil, aponta estudo da Kantar
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui