Início Notícias BRF integra índice de resiliência climática

BRF integra índice de resiliência climática

Lançado pelo CDP Latin America, ação reflete comprometimento de empresas com a redução da pegada de carbono e a transição para uma economia sustentável

306
0


A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, integra, pela primeira vez, a carteira do Índice de Resiliência Climática (ICDPR70), lançado pelo CDP Latin America, organização internacional responsável pela medição do impacto ambiental de empresas e de governos. O indicador tem como objetivo mensurar o nível de conscientização das companhias quanto às questões climáticas e iniciativas que contribuem com a redução da pegada de carbono nas cadeias em que atuam.

Com participação recorrente nos principais índices de sustentabilidade do país, a BRF reforça mais uma vez o comprometimento com sua agenda ESG e a transparência em suas iniciativas sustentáveis. “É uma honra integrar uma iniciativa tão expressiva como o do CDP Latin America. A jornada de sustentabilidade da BRF começou há um bom tempo e estamos sempre empenhados em contribuir com a transição para uma economia de baixo carbono, por meio de ações conectadas ao nosso compromisso de sermos Net Zero até 2040. A sustentabilidade está em nossa cultura e norteia a estratégia de nossos negócios”, afirma Mariana Modesto, diretora de Sustentabilidade da BRF.

A BRF tem avançado em sua jornada para geração de energia limpa, uma das frentes estratégicas do seu compromisso Net Zero. No último ano, a companhia anunciou parcerias com a AES e Pontoon para construção de parques de energia eólica e solar, respectivamente, que viabilizarão cerca de 90% de energia elétrica proveniente dessas fontes até 2030, além de um potencial de redução de custos de aproximadamente R$1,7 bilhão nos próximos 15 anos. Recentemente, a BRF anunciou ainda que, desde 2014, atingiu uma redução de mais de 30 mil toneladas de CO2 no mercado Halal por meio da otimização de sua frota internacional.

“A viabilização de parcerias e o investimento em tecnologias inovadoras são medidas essenciais para avançarmos no objetivo global de limitarmos o aquecimento global em 1.5°C, estabelecido pelo Acordo de Paris”, acrescenta a executiva da BRF.

A nova carteira ICDPR70 entrou em vigor no dia 01 de abril e reúne 36 companhias de 8 setores distintos.

Artigo anteriorFeriado Tiradentes: Rodoanel espera mais 743 mil veículos
Próximo artigoAudi revela urbansphere concept com foco no coração de megacidades
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui