Início Podcast Podcast: Abertura das inscrições dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2023

Podcast: Abertura das inscrições dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2023

Premiação que existe desde 1976 apoia pessoas e organizações na busca por conceber soluções científicas para os desafios ambientais e humanitários atuais

805
0

A Rolex inicia uma nova busca global por indivíduos visionários com projetos que mudarão o mundo, protegerão o planeta ou beneficiarão a humanidade, para se candidatarem a laureados dos Prêmios Rolex de Empreendedorismo 2023.

A iniciativa busca projetos inovadores nas áreas de ciência e saúde, meio ambiente, tecnologia aplicada, exploração e patrimônio cultural. Os cinco laureados são escolhidos por um júri composto por cientistas e especialistas de renome internacional, desde especialistas em águas profundas a exploradores, empresários, defensores do patrimônio cultural e médicos, que analisam cada inscrição. Esses cinco laureados receberão cada um 200.000 francos suíços, um relógio Rolex e divulgação a nível global para ajudar em seus projetos – além do acesso à comunidade Rolex de Laureados para aconselhamento e orientação.

Qualquer pessoa com mais de 18 anos, de qualquer nacionalidade, pode candidatar-se a um dos cinco prêmios que serão apresentados no próximo ano. Pela primeira vez os candidatos podem se inscrever em chinês simplificado e espanhol, além do inglês. As informações sobre o Prêmio podem ser encontradas em www.rolex.org/rolex-awards; e as inscrições podem ser enviadas através de https://extranet.rolexawards.com.

SOBRE O PRÊMIO

O Rolex Awards foi criado para marcar o 50º aniversário do Rolex Oyster, o primeiro relógio à prova d’água do mundo. Desde 1976, cerca de 35.500 pessoas de 190 países se inscreveram. Um total de 155 laureados foram selecionados, o mais jovem com 24 anos e o mais velho com 74 anos. Milhões de pessoas em todo o mundo se beneficiaram do trabalho dos Laureados nos últimos 46 anos.

Os laureados do Prêmio Rolex plantaram 23 milhões de árvores, protegeram 43 espécies ameaçadas (de leopardos-das-neves a cavalos-marinhos) e 30 grandes ecossistemas – incluindo 57.600 km2 de floresta amazônica -, e descobriram centenas de novas espécies. Eles completaram 18 expedições desafiadoras e forneceram novas pistas para entender o planeta. Projetos premiados variam de tecnologia simples – por exemplo, um sistema de duas panelas de barro interligadas para manter a comida fresca em regiões desérticas – a empreendimentos de alta tecnologia, como um implante eletrônico que ajuda as pessoas a andar novamente. Por fim, os laureados reviveram a antiga tradição de fabricação de seda no Camboja, escavaram um dos principais lugares pré-históricos humanos do mundo na Geórgia e empregaram o conhecimento tradicional indígena para mapear recursos e evitar conflitos em torno do clima no Sahel, entre muitos projetos de patrimônio cultural.

Os Prêmios Rolex, lançados em 1976, fazem parte da iniciativa Perpetual Planet da relojoeira suíça para apoiar pessoas e organizações em sua busca por compreender e conceber soluções científicas para os desafios ambientais atuais.

rolex.org

Artigo anteriorRodolfo Landim, presidente do Flamengo, desiste da Petrobras
Próximo artigoSem Censura desta semana recebe o jornalista Carlos Monforte
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui