Início Notícias Instituto GOL apoia campanha da CUFA em prol das famílias afetadas pelas...

Instituto GOL apoia campanha da CUFA em prol das famílias afetadas pelas chuvas

A campanha de arrecadação “Abrace os estados da Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Goiás e Tocantins” continua vigente. Doações de alimentos não perecíveis, roupas e itens de higiene básica podem ser entregues nas unidades da GOLLOG

314
0


O Instituto GOL, que encampa as ações de responsabilidade social da GOL Linhas Aéreas, por meio da GOLLOG, braço de logística da Companhia, vem prestando desde o último dia 30 de dezembro todo o apoio à campanha promovida pela CUFA (Central Única das Favelas) em conjunto com a FNA (Frente Nacional Antirracista) e o Grupo Bandeirantes em prol das famílias afetadas pelas fortes chuvas que acometem vários estados brasileiros desde a virada do ano.

A campanha da CUFA, organização apoiada pelo Instituto GOL, foi concebida no fim de dezembro sob o tema “Abrace a Bahia”, cujo objetivo é a arrecadação de roupas, alimentos não perecíveis e itens de higiene básica destinados aos cidadãos impactados pelas enchentes. Devido ao fato de outros estados estarem passando pela mesma situação de crise vivida na Bahia, a campanha foi estendida a Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Goiás e Tocantins – e não tem prazo determinado para término.

A GOLLOG é responsável pela coleta das doações físicas da sociedade civil e da população em geral e pelo seu transporte até os aeroportos mais próximos das cidades atingidas nas regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste. Para isso, utiliza a ampla malha aérea disponibilizada pela GOL. Só para o estado da Bahia, a GOLLOG já deslocou até o momento mais de 66 toneladas de doações.

Como doar

A campanha “Abrace os estados da Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Piauí, Goiás e Tocantins” aceita doações de alimentos não perecíveis, roupas, roupas de cama e banho, itens de higiene pessoal e utensílios domésticos destinados às vítimas das chuvas que perderam suas casas ou estão em situação de vulnerabilidade. É permitido ao doador designar, na embalagem, para qual estado ele deseja enviar os donativos.

As embalagens podem ser de papelão ou saco plástico resistente, reforçados com fitas adesivas. Caso contenham vidro, devem ser indicadas externamente com a palavra “frágil”. Em caso de líquidos, como xampu, o reforço deve ser intensificado para evitar vazamentos, e é necessário apontar a posição de carregamento (setas para cima). Não são aceitos artigos classificados como perigosos, a exemplo de aerossóis e líquidos inflamáveis. O peso limite por embalagem é de 40 kg.

Aos interessados em prestar colaboração às vítimas das chuvas no País, basta levar as doações até o posto de coleta de uma unidade GOLLOG mais próxima.

Veja a lista completa de endereços das lojas GOLLOG aqui (muitas delas funcionam nos aeroportos onde a GOL mantém operações).

Pode-se doar também via PIX: [email protected].

Artigo anteriorDoriana no BBB22
Próximo artigoRádio MEC lança maratonas mensais em formato multiplataforma
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui