Início Notícias Delta estima cancelamento de voos relacionados ao clima, apesar das mudanças no...

Delta estima cancelamento de voos relacionados ao clima, apesar das mudanças no lançamento do sistema 5G

A companhia está tomando as medidas necessárias para garantir que a segurança continue sendo a prioridade em conformidade com as diretrizes da FAA; os clientes devem baixar o aplicativo Fly Delta para obter as atualizações mais recentes do status de voo

360
0
Crédito: Delta Air Lines/Divulgação


A partir desta quarta-feira, 19 de janeiro, a Delta cogita a possibilidade de cancelamentos relacionados ao clima causados pela implantação do novo serviço 5G nas proximidades de dezenas de aeroportos dos Estados Unidos. A FAA (sigla em inglês para Federal Aviation Administration, ou Administração Federal de Aviação), que regula as companhias aéreas, emitiu vários avisos que restringem a atividade de voo perto de aeroportos em que a implantação do serviço 5G no espectro da banda C pode causar interferência limitada em instrumentos de altitude em aeronaves sob várias condições climáticas em que as mesmas operam com segurança atualmente. Em função disso, a Delta está tomando as medidas necessárias para garantir que a segurança continue sendo a prioridade em conformidade com as diretrizes da FAA.

As empresas de telecomunicações concordaram na terça-feira, 18 de janeiro, em limitar o escopo da implantação do sistema 5G que estava planejado para esta quarta-feira e atrasarão a implementação ao redor de alguns aeroportos norte-americanos. Embora esse seja um desenvolvimento positivo para evitar interrupções generalizadas nas operações de voo, algumas restrições podem permanecer.

“Agradecemos a decisão de limitar a implantação deste serviço perto dos aeroportos”, disse, na terça-feira, o vice-presidente executivo e Chefe de Operações, John Laughter. “Acreditamos que as indústrias podem crescer, inovar e coexistir para o benefício dos consumidores. É por isso que continuamos trabalhando com a FAA, a FCC (sigla em inglês para Federal Communications Commission, ou Comissão Federal de Comunicações) e o setor de telecomunicações para encontrar uma solução prática que permita a adoção da tecnologia 5G, preservando a segurança e evitando interrupções nos voos”.

A Delta tem o compromisso de se comunicar proativamente com os clientes sempre que possível sobre cancelamentos ou atrasos devido a condições climáticas de baixa visibilidade em um aeroporto afetado
pelo 5G.
• Isenções: a Delta emitirá isenções de diferença de tarifa antes dos cancelamentos. Os clientes são incentivados a aproveitar essas isenções como uma opção para reagendar suas viagens para um dia e horário que não possam ser afetados.
• Remarcação automática: se um voo for cancelado, os clientes afetados serão remarcados automaticamente no próximo voo disponível. Sempre que possível, as equipes da Delta se esforçam para cancelar os voos com antecedência suficiente para notificar os clientes antes que eles cheguem ao aeroporto.
• Atualizações de itinerário: a Delta enviará atualizações sobre alterações de itinerário diretamente para um dispositivo móvel ou por e-mail. Os clientes precisam fornecer suas informações de contato durante a reserva ou via Minhas Viagens, no site da Delta, para permitir essa comunicação.
• Autoatendimento: os clientes são incentivados a baixar e usar o aplicativo Fly Delta ou visitar a página delta.com para verificar o status de seu voo e gerenciar sua remarcação com opções convenientes de autoatendimento.
Quando os cancelamentos se tornam necessários como último recurso, a Delta trabalha para fazer alterações que afetem o menor número de clientes com o menor atraso possível. Pedimos desculpas aos viajantes por qualquer interrupção em seus planos de viagem. Como sempre, o pessoal da Delta está trabalhando nos aeroportos, a bordo e nos bastidores do Centro de Operações e Atendimento ao Cliente da companhia para ajudar os passageiros a chegar aonde
precisam da forma mais segura e rápida possível, independentemente
das circunstâncias.

A Delta juntou-se a outras empresas aéreas na busca de uma postergação junto ao governo federal na implantação dessa nova cobertura 5G no espectro da banda C até que existam mais proteções e garantias contra possíveis interferências nos rádio-altímetros das aeronaves. Esses equipamentos são uma peça de tecnologia essencial que informam muitas funções da aeronave e fornecem aos pilotos o que eles precisam para manejar os aviões com segurança, especialmente durante as fases críticas do voo.

O impacto nos voos pode ser imediato e significativo, afetando diretamente as viagens de passageiros e o transporte de carga. “O comércio do país vai parar”, escreveram os CEOs das principais transportadoras, incluindo o CEO da Delta, Ed Bastian, em uma carta coordenada pela Airlines for America e destinada a autoridades do governo, incluindo o secretário de Transportes Pete Buttigieg e o presidente da Comissão Federal de Comunicações.

A Delta está avaliando os sistemas de suas aeronaves para verificar se esses aviões são seguros para voar perto de aeroportos onde o serviço 5G está sendo instalado. Ao mesmo tempo, a empresa está comprometida em permanecer totalmente em conformidade com as orientações da FAA.

“A segurança é e sempre foi a prioridade máxima da Delta. Sem ela, nada mais importa”, afirmou o o vice-presidente executivo e Chefe de Operações, John Laughter.

Artigo anteriorSeara investe no BBB22
Próximo artigoProcon-SP fiscaliza realocação de voos no Aeroporto de Congonhas
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party. Twitter: @ThalesBrandao

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui