Início Notícias iFood e Tembici expandem Pedal para novas capitais e o projeto se...

iFood e Tembici expandem Pedal para novas capitais e o projeto se torna o maior de bicicletas elétricas para delivery da América Latina

Após completar um ano, com mais de um milhão de entregas realizadas com bicicletas, o projeto iFood Pedal em parceria com a Tembici chegará a Recife, Salvador, Brasília, Porto Alegre, além das atuais São Paulo e Rio de Janeiro, e disponibilizará mais de 2.500 e-bikes, como modalidade para os entregadores

173
0
Foto: Midori De Lucca

O iFood Pedal, projeto pensado e realizado exclusivamente para entregadores, completa um ano, com o marco de mais de um milhão de entregas realizadas de bicicletas no delivery. Devido ao sucesso, o iFood, maior foodtech na América Latina, em parceria com a Tembici, empresa líder de micromobilidade na América Latina, anuncia a expansão da iniciativa para seis capitais brasileiras: Recife, Salvador, Brasília, Porto Alegre, além das atuais São Paulo e Rio de Janeiro. Estarão disponíveis nestas localidades, ao longo de 2022, mais de 2.500 bikes elétricas. Com isso, o projeto será o maior da América Latina com bicicletas elétricas no delivery. 

A escolha das cidades foi realizada com base em pesquisas, escuta de entregadores e diversos estudos de demandas. Além das bikes, serão disponibilizados equipamentos de proteção, como capacetes e bags, assim como pontos de apoio, equipados com filtros de água, banheiros, mesas, microondas, pontos de recarga de celular e espaço de descanso. Os entregadores também continuarão contando com o Pedal Responsa, curso digital de conteúdo formativo e de conscientização.

Como diferencial, as bicicletas elétricas trazem um grande facilitador no dia a dia, uma vez que o modal possui pedal assistido, ou seja, o motor é acionado quando a bicicleta é  pedalada, sem acelerador, tornando a bike mais leve. Com velocidade limitada a 25 km/h e bateria  com autonomia de 60km, seus freios e peças de transmissão carregam selo de empresas renomadas do mercado, proporcionando a máxima qualidade e segurança. Além disso, com foco na experiência dos entregadores, o iFood investe constantemente em tecnologia e outros mecanismos que delimitam o raio de entrega para cada restaurante e identificam quem estiver mais próximo, enviando para os entregadores bikers rotas mais curtas, otimizando seus ganhos e tempo de deslocamento. 

A iniciativa, além de oferecer uma nova opção e menor esforço com o modal elétrico em todo o país, também busca incentivar entregas limpas com o objetivo de alcançar a realização de 50% dos pedidos em modais não poluentes até 2025. 

“O projeto foi co-criado com entregadores parceiros e lançado há um ano em São Paulo e no Rio de Janeiro, e nesse período, se provou sustentável e plenamente alinhado com o impacto operacional, ambiental e social que queríamos alcançar. Entendemos que esse modelo veio para ficar porque vimos consumidores e restaurantes atendidos de forma mais eficiente e os entregadores satisfeitos, com ganhos líquidos maiores que modais mais tradicionais, como motos, explica Fernando Martins, Head de Inovação e Logística do iFood.

1 ano de iFood Pedal

O iFood Pedal foi o primeiro serviço do mundo a oferecer aluguel de bicicleta exclusivo para entregadores e foi desenvolvido em parceria com a Tembici e Instituto Aromeiazero. A iniciativa completou um ano de lançamento, presente hoje nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. O projeto piloto teve neste período excelentes resultados, com mais de 13 mil entregadores cadastrados e um milhão de pedidos entregues com e-bikes e bikes convencionais compartilhadas, evitando a emissão de 271 toneladas de CO2 na atmosfera. Em 2020, o iFood Pedal ganhou o prêmio de “Inovação do Ano” no prêmio Estadão Mobilidade. 

Tomás Martins, CEO e co-fundador da Tembici afirma que o projeto atende a uma demanda muito importante, que cresceu rapidamente nos últimos anos. “Investir neste modal e fomentar o delivery por bicicleta é contribuir diretamente para cidades mais inteligentes e sustentáveis. A bike elétrica expande a possibilidade de uso diário uma vez que facilita deslocamentos mais longos e com diferentes relevos, exigindo menos esforço de quem pedala”, explica. “Estamos focados em  alinhar nossa governança cada vez mais com a agenda ESG. Além da contribuição para diminuir impactos ambientais na redução de emissão de carbono, a bicicleta tem um enorme poder de transformação social”, comenta.

Além de totalmente alinhado às metas de sustentabilidade do iFood, como a de 100% de entregas neutras no delivery, o iFood Pedal tem um viés social que busca apoiar os trabalhadores que querem começar a utilizar as bicicletas para atuar no delivery. E para auxiliar nesse processo e garantir mais segurança aos parceiros, o curso Pedal Responsa, realizado em parceria com o Instituto Aromeiazero, oferece conteúdos como: cuidados e responsabilidades ao pedalar, comunicação com cliente, prevenção ao coronavírus e saúde. Ao concluir o curso, o entregador recebe certificado e um kit especial com vários itens úteis para o seu dia a dia nas entregas, como garrafa de água, carregador de celular portátil, jaqueta e camisa com proteção UV. 

O iFood Pedal ainda conta com o Girando Ideias, com ações socioeducativas de encontros e dinâmicas, presenciais e semanais. A condução é realizada por mentores experientes, focados em diálogo e escuta ativa, com objetivo de melhorar o dia a dia dos entregadores. 

Como funciona o iFood Pedal?

Por enquanto, o projeto está disponível apenas em São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) e para realizar entregas com iFood Pedal, os interessados deverão acessar a seção “iFood Pedal” no app iFood para Entregador. Lá, encontrarão mais detalhes sobre o projeto, realizar cadastro e escolher um plano. As bikes podem ser utilizadas em períodos de até quatro horas em São Paulo, e até duas horas no Rio de Janeiro, com plano mensal (R$34,90) e semanal (R$9,90) por meio de cartão de débito, crédito ou em dinheiro e são exclusivos para entregadores. No caso de tempo adicional, é acrescido um valor por tempo de uso. Os entregadores parceiros também podem utilizar as bicicletas compartilhadas da Tembici. Além disso, todos que se cadastrarem receberão máscara e álcool gel. 

Proteção

Os entregadores que utilizam o modal também contam com seguro de acidentes pessoais oferecido gratuitamente pelo iFood em parceria com a seguradora MetLife e a farmacêutica MDS, que fornece descontos na compra de medicamentos. A iniciativa cobre despesas médicas e odontológicas e oferece uma garantia financeira para a família em caso de acidentes. O seguro vale durante o período em que os parceiros estiverem logados na plataforma e também no “retorno para casa”, válido por duas horas ou num trajeto de até 30 quilômetros do local da última entrega.

Artigo anteriorPapai Noel desfila pelas ruas de Aracaju nesta quinta-feira, 11 de novembro
Próximo artigoAmericanas ativa campanha de Black Friday com Juliette Freire e Jojo Todynho
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui