Início Notícias C6 Bank lança assessoria de investimentos direto no app

C6 Bank lança assessoria de investimentos direto no app

Batizado de C6 TechInvest, serviço permite que cliente personalize carteiras com ativos do Brasil e do exterior sem qualquer intermédio de consultores financeiros

259
0

Depois de dar ao cliente a possibilidade de escolher por conta própria onde investir seu dinheiro – entre CDBs, previdência, renda variável e fundos no Brasil e no exterior –, o C6 Bank lança hoje um serviço que usa tecnologia para auxiliar o usuário a diversificar seus investimentos de forma personalizada. Batizado de C6 TechInvest, o serviço dispensa a necessidade de intervenção humana ao sugerir, sem o intermédio de consultores ou conflito de interesses, uma carteira customizada com ativos do Brasil e do exterior, de renda fixa a metais preciosos. 

O serviço foi pensado para atender todos os investidores, desde aqueles que já sabem investir até os que estão em fase de aprendizado e buscam conhecer produtos de investimento mais rentáveis que a poupança, por exemplo. “Além de resolver o problema do conflito de interesses, o C6 TechInvest descomplica o processo de escolha de produtos de investimento e democratiza o acesso a ativos antes oferecidos apenas aos clientes de alta renda dos bancos”, diz Romildo Valente, head de investimentos do C6 Bank. 

O C6 TechInvest sugere carteiras com base em grandes classes de ativos. Na categoria renda variável, o serviço oferece o Ibovespa, que indica o desempenho da brasileira B3, o S&P 500, que agrupa as 500 maiores empresas das bolsas americanas (Nasdaq e NYSE), e o Nasdaq 100, que contempla as 100 maiores companhias listadas na segunda maior bolsa de valores do mundo. Na seção renda fixa, dividida em ativos brasileiros e americanos, há papéis atrelados à inflação e juros prefixados do Brasil e títulos do Tesouro dos Estados Unidos. Já na categoria metais preciosos o C6 TechInvest oferece prata e ouro.  

O processo todo de criação da carteira leva poucos segundos. Após o cadastro inicial, o app já apresenta a carteira recomendada ao cliente, que pode, a partir daí, personalizar sua composição, caso queira excluir ou incluir algum ativo, e definir a relação de risco e retorno desejada. É possível iniciar uma carteira a partir de um investimento de R$ 1 mil, e a taxa de administração é de 0,7% ao ano, uma das menores do mercado para esse tipo de serviço. 

O C6 TechInvest foi criado pelo próprio C6 Bank. O banco contou com a consultoria de pesquisadores de Columbia e Stanford para elaborar o ferramental teórico da composição das carteiras e montou, nos últimos nove meses, um time de especialistas em investimentos que selecionou os melhores produtos para o serviço. As carteiras recomendadas pelo C6 TechInvest têm uma vantagem importante – elas são diversificadas, um fator relevante quando se pensa em proteger os investimentos das oscilações do mercado. 

Uma das apostas mais ambiciosas do C6 Bank na área de investimentos até agora, o C6 TechInvest resolve os problemas mais típicos dos investidores. “Ele é ideal para quem não quer perder tempo escolhendo sozinho produtos de investimentos, para quem acha que está pagando caro demais para investir e para quem quer investir fora do Brasil, mas acha complicado”, diz Valente. O serviço, que será inteiramente administrado pelo C6 Bank, atende também o usuário que não tem tempo para acompanhar os vaivéns do mundo dos investimentos – o banco balanceia a carteira conforme os movimentos do mercado. É uma opção ainda para quem não quer ter de usar vários apps para gerir sua vida financeira, uma vez que a plataforma de investimentos do banco está no mesmo aplicativo em que o cliente já tem sua conta corrente.  Além do C6 TechInvest, a plataforma de investimentos do C6 Bank já tem um dos mais completos marketplaces de investimentos do mercado, com renda fixa, renda variável e fundos tanto do Brasil quanto internacionais. Desde o início do ano, clientes do C6 Bank podem investir diretamente no exterior por meio da Conta Global de Investimentos, que dá acesso a fundos internacionais e produtos de renda fixa mais sofisticados, como os bonds. O banco seguirá investindo na diversificação da plataforma. 

Artigo anteriorCup Noodles® Feijoada é a nova revelação da NISSIN
Próximo artigoMarketplaces tornam-se alternativa para os empreendedores brasileiros, aponta Kantar IBOPE Media
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui