Início Notícias Pesquisa de Mercado Inadimplência das micro e pequenas empresas registra segunda queda do ano em...

Inadimplência das micro e pequenas empresas registra segunda queda do ano em junho, revela Serasa Experian

Mais acentuada do que a registrada em maio, retração marca 0,6% no sexto mês de 2021; os setores de Comércio e Serviços reforçaram queda do índice

204
0

A inadimplência atingiu 5,42 milhões de micro e pequenas empresas em junho de 2021. Embora o número seja expressivo, representa a segunda queda do ano, essa de 0,6% em relação a maio, quando 5,45 milhões de MPEs estavam com o nome no vermelho. O cenário também é de melhora, principalmente, para os segmentos de Comércio e Serviços, que representam as maiores parcelas do total de empresas e marcaram baixa de 0,6%. Veja os dados na íntegra nos gráficos abaixo.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, a retomada econômica demonstrada no primeiro trimestre do ano teve continuidade nos meses seguintes e está diretamente ligada ao cenário de saúde no país. “O avanço da vacinação é um dos principais fatores para a melhora dos níveis de inadimplência entre as empresas, pois aumenta a confiança dos empresários, normaliza cada vez mais o funcionamento dos negócios e gera um alívio ao fluxo de caixa. Sendo assim, os empreendedores conseguem, aos poucos, se organizar para sair da insolvência”.

Além disso, uma recente pesquisa da Serasa Experian, mostra que as vendas online foram outro fator determinante para a melhora do fluxo de caixa das empresas, já que 85,8% dos entrevistados pretendem continuar com o modelo de comercialização digital após a pandemia, enquanto 63,0% confirmaram que essa adaptação trouxe benefícios para os negócios.

Na análise das regiões brasileiras o destaque fica para o Sudeste, que caiu 0,8% em junho, ainda no comparativo mês a mês. Em sequência estão o Nordeste (-0,5%), Centro-Oeste (-0,4%), Sul (-0,1%) e Norte, que se manteve estável.

Inadimplência das empresas de todos os portes têm baixa de 0,4%

Considerando o dado geral, o mês de junho revelou 5,89 milhões de empresas inadimplentes no país. Uma queda de 0,4% no comparativo mensal, já que em maio o índice mostrava 59,1 milhões de negócios com o nome no vermelho. No comparativo por segmento, o sexto mês de 2021 aponta o setor de Serviços como aquele que tem a maior representatividade dentro do total de negócios inadimplentes (51,4%). Confira os dados completos abaixo.

Artigo anteriorBlued, plataforma online LGBTQIA+, proíbe capturas de tela e gravações para proteger privacidade dos usuários
Próximo artigoArgo, Nova Strada e Mobi integram o pódio do ranking mensal de veículos da Fiat
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui