Início Notícias Digital Sebrae inova ao capacitar empreendedores com uso de chatbots

Sebrae inova ao capacitar empreendedores com uso de chatbots

Por meio de inteligência artificial, donos de pequenos negócios realizam cursos gratuitos pelo Whatsapp

565
0

Diante da aceleração da transformação digital dos negócios e atento aos anseios dos empreendedores, o Sebrae resolveu inovar nas capacitações online com o uso de chatbots nos cursos disponibilizados pelo Whatsapp. A partir da inteligência artificial, os inscritos vivem uma experiência de autoaprendizagem, com o uso de vídeos, textos, imagens e testes interativos com perguntas e respostas. Até o momento, já foram identificadas mais de 3 milhões de interações em um dos 15 cursos disponíveis gratuitamente.

Toda a interação com o usuário é feita dentro do aplicativo de mensagens por meio de uma arquitetura integrada ao autenticador do Sebrae, AMEI, que identifica se o usuário já é cadastrado ou o direciona para a criação de uma conta única. Para entender o que o usuário quer e qual curso deseja fazer, a arquitetura criada pelo Sebrae utiliza o Watson, a solução de inteligência artificial da IBM, integrada ao autenticador da instituição. Além disso, a arquitetura criada funciona com o uso dos recursos da nuvem do GCP (Google Cloud Plataform) como por exemplo,  o armazenamento de arquivos e certificados no Google Storage.

Para o arquiteto de software do Sebrae, Ricardo Medeiros, a iniciativa da instituição se destaca pelo pioneirismo ao oferecer um ambiente de educação online que une componentes para oferecer uma interface gráfica intuitiva e com linguagem amigável para os usuários. “É uma arquitetura robusta e complexa para a TI, mas simples para o cliente do Sebrae. Hoje eu desconheço quem usa solução desse nível para ministrar curso com chatbot em nuvem auto escalável em um ambiente seguro aderente a LGPD, por meio de uma conta única”, ressaltou.

Entre os benefícios da solução está o uso amplo da tecnologia, pois a arquitetura de chatbot pode ser utilizada para a experiência do EAD, como também para outros serviços digitais do Sebrae, como é o caso do APP do Sebrae. “Do ponto de vista econômico, a arquitetura cloud native é paga conforme a utilização, então essa infraestrutura de nuvem aumenta ou diminuiu conforme a demanda, de forma automática sem perda de performance, pois os recursos computacionais são adaptáveis”, explicou.

Ao todo o Sebrae oferece 15 cursos online e gratuitos pelo Whatsapp divididos por cinco temas (Finanças; Marketing; Planejamento e Gestão; Perfil do Empreendedor; Abertura, fechamento e crescimento da empresa) ou trilhas de conhecimento (Economia Criativa, Super MEI: primeiros passos; Super MEI: organize seu negócio e Super MEI: pronto para crescer). Durante a imersão no curso, os usuários vão recebendo pílulas de informações com feedbacks sobre a evolução no aprendizado. Caso a pessoa desista do curso, a solução também consegue identificar e interagir para que ela volte a dar atenção ao conteúdo. “É uma solução ímpar e diferenciada. Além da tecnologia, o material dos cursos foi adaptado pela equipe de negócios do Sebrae. A pessoa pode fazer curso de qualquer lugar sem custo adicional. Os vídeos e imagens são leves para otimizar o uso dos dados do celular do usuário com o menor custo possível nas transferências de informações”, explicou

Artigo anteriorEstudo da Kantar aponta mudanças na mobilidade urbana pós-pandemia
Próximo artigoEngov After convida todos para compartilhar suas histórias de curtição em ação inédita com 150 influenciadores
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui