Início Notícias Renault do Brasil amplia a acessibilidade para pessoas surdas, deficientes auditivas e...

Renault do Brasil amplia a acessibilidade para pessoas surdas, deficientes auditivas e visuais

Todos os sites da marca passam a contar com o suporte da tradutora virtual Maya, que tornam os conteúdos de textos acessíveis em Libras, além de contar com o recurso de leitura das informações

400
0
Divulgação

No dia da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), a Renault do Brasil, por meio do Instituto Renault, amplia as suas iniciativas de inclusão de pessoas com deficiência com a Maya, uma tradutora virtual que torna acessível os conteúdos presentes nos canais da marca. Por meio da Língua Brasileira de Sinais Libras, a personagem permite o acesso ao conteúdo dos sites para pessoas surdas e deficiente auditivas enquanto um leitor de voz fará a leitura dos textos para pessoas com deficiência visual, como baixa visão, disléxicos e pessoas com dificuldade de leitura. 

“Com essa nova tecnologia, a Renault traz para seus ambientes virtuais uma nova forma de acessibilidade, assegurando para seus clientes, colaboradores e outros usuários um ambiente mais inclusivo, também na internet”, explica Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

A tecnologia, desenvolvida pela startup de negócio social brasileira Hand Talk, estará disponível nos sites Renault.com.br, Instituto Renault, Ofertas, Loja, Sala de Imprensa e, também, no portal interno SouRenault, exclusivo para os colaboradores da marca.    

A iniciativa soma-se a outras diversas ações de inclusão promovidas pela marca que visam impactar positivamente a vida das pessoas na busca por igualdade de possibilidades. Como exemplos de ações neste sentido, temos o Grupo de Afinidade [email protected], criado em novembro de 2020, que tem como objetivo desenvolver projetos que visam conscientizar e assegurar um ambiente mais inclusivo a todos os colaboradores portadores de alguma deficiência. 

“A Diversidade e inclusão são valores para a Renault em todo o mundo e entendemos a importância de falar com todos os públicos de maneira clara e de fácil entendimento. A partir desta tecnologia estamos contribuindo para uma comunicação mais igualitária”, explica Livia Kinoshita, Gerente de Marketing da Renault do Brasil e Diretora de Inclusão do Instituto Renault.

A Renault, por meio do Instituto Renault, também fez parte do primeiro grupo de empresas mantenedoras da Unilehu, a Universidade Livre para Eficiência Humana, organização do terceiro setor que tem por missão principal tornar possíveis iniciativas sociais que façam a inclusão acontecer. Isso permitiu a sua viabilidade financeira e abertura, em 2004, beneficiando mais de 6.200 pessoas e capacitando cerca de 3.300 portadores de necessidades especiais em cursos técnicos e comportamentais. 

Sobre o Instituto Renault

Fundado em 2010, o Instituto Renault já impactou mais de 755 mil pessoas, atuando em dois eixos: Inclusão e Mobilidade Sustentável.

No eixo Inclusão, o Instituto Renault apoia a Associação Borda Viva, para promoção do desenvolvimento social, da segurança alimentar para crianças e do empoderamento feminino por meio do empreendedorismo e da geração de renda.  O Instituto também promove o Renault Experience, projeto que tem como objetivo estimular o empreendedorismo e a inovação entre universitários de todo o país na busca por soluções que facilitem o dia a dia da sociedade. Desde 2018, além da categoria Soluções de Mobilidade, foram criadas duas novas:  Negócios Sociais e Desafio Twizy.

No eixo Mobilidade Sustentável, destaque para o Programa “O Trânsito e Eu”, de educação para segurança no trânsito, presente de forma permanente em oito municípios do país: Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Arapongas, no Paraná; Pelotas (RS); além das cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara d’Oeste e São Paulo, capital. O programa também desenvolve ações itinerantes em parques, shoppings e eventos. Cerca de 200 mil crianças de 4 mil escolas pelo Brasil já foram impactadas pela iniciativa e mais de 5 mil professores passaram pela formação.
No mesmo eixo, a Renault já comercializou cerca de 300 veículos 100% elétricos no Brasil a empresas que possuem projetos relacionados à mobilidade zero emissão.

Conheça mais sobre o Instituto Renault – institutorenault.com.br/

Artigo anteriorPara incentivar a leitura, Magalu inclui livros em cestas básicas doadas
Próximo artigoEm ação de voluntariado, Sebrae/PR leva empreendedorismo para pessoas privadas de liberdade
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui