Início Notícias Aeroporto de Aracaju investe em infraestrutura

Aeroporto de Aracaju investe em infraestrutura

Objetivo da reforma do terminal é oferecer mais conforto aos passageiros e usuários

356
0
Divulgação

Para assegurar o padrão de qualidade dos serviços prestados, a Aena Brasil dá início, essa semana, às obras de revitalização do Aeroporto Internacional de Aracaju – Santa Maria. Os trabalhos, que incluem a renovação completa dos banheiros, além de melhorias no sistema de climatização, sinalização, pintura, iluminação e acessibilidade, entre outros itens, começaram nesta terça, 2, e vão até o dia 23 de maio. As obras emergenciais fazem parte do contrato da concessionária com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). 

Inicialmente prevista para ser realizada em 2020, esta primeira etapa da melhoria do aeroporto foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus. Além do terminal de Aracaju, outros cinco também serão reformados, todos administrados pela Aena Brasil. Apesar de a empresa estar trabalhando para que as obras não atrapalhem a experiência do passageiro no aeroporto, alguns serviços e estruturas terão de ser adaptadas até a conclusão do trabalho. Todos os terminais contam com sinalização e esquema de segurança operacional a fim de que não haja incidentes.

“O nosso principal objetivo, com todas as obras, é aliar a qualidade da prestação de serviços da Aena Brasil com o bem-estar dos passageiros. Entendemos que esse conforto também faz parte da qualidade. Por isso, sentimos muito que, num primeiro momento, teremos alguns transtornos no terminal. Pedimos desculpas. Mas lembramos que, depois destes três meses, todos os que utilizam o terminal poderão contar com um melhor atendimento”, explica Wanderson Silva, diretor do aeroporto

As revitalizações chegam para reafirmar o compromisso da concessionária com o bem-estar dos milhares de passageiros que passam diariamente pelos terminais Aracaju (SE), do Recife (PE), Maceió (AL), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE). Um segundo bloco de melhorias, na área de operações, está sendo programado e deverá ser entregue até junho de 2023.

Desde o início da pandemia, a Aena Brasil teve de adaptar suas operações para adotar normas e protocolos sanitários necessários à segurança de todos que utilizam seus terminais. A empresa segue regras estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o combate à disseminação da covid-19. Em todos os terminais administrados pela companhia, tem sido feito o trabalho de conscientização por meio de avisos sonoros a respeito das medidas de proteção, além de contar com a atuação de seus colaboradores para ajudar nessas orientações. Somado a isso, há sinalização reforçada alertando sobre as formas de prevenção à doença. 

Artigo anteriorFiocruz aponta agravamento de diversos indicadores da pandemia
Próximo artigoPIB despenca 4,1% em 2020 e fecha o ano em R$ 7,4 trilhões
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui