Início Notícias Hughes cria ação de marketing social com doação de acesso à internet...

Hughes cria ação de marketing social com doação de acesso à internet para que alunos com deficiências auditivas estudem online

Professora que ajuda estudante no aprendizado enfrentava percurso de 70 km para dar aula ao jovem de 15 anos

337
0
Reprodução

A Hughes do Brasil, uma subsidiária da Hughes Network Systems LCC (HUGHES), líder mundial em redes e serviços de internet de banda larga via satélite, leva conectividade a Edilson Gomes da Silva, estudante com deficiência auditiva e morador da área rural de Linhares, no Espírito Santo.

A empresa se sensibilizou com a história da professora Joyce Barcelos Barbosa ao assistir uma matéria na televisão, mostrando como ela se esforça para ajudar o aluno deficiente auditivo com as tarefas e atividades durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com a notícia, a professora percorre cerca de 70 quilômetros, uma vez por semana, até a casa do aluno, que mora na comunidade de Bananal do Sul, no mesmo município, para ajudá-lo com os estudos.

“Sem internet ou sinal de telefone, não havia como o Edilson estudar. A escola até permite que os pais retirem as atividades para os alunos praticarem em casa, mas ele é um caso mais específico, pois, além de ser deficiente auditivo, a mãe não tem conhecimento da língua de Libras. Então, comecei a vir até a casa dele para trazer as atividades e garantir que ele tenha acesso à educação e ao ensino, além de poder acompanhar o seu desenvolvimento”, explica Joyce.

Por meio de seu projeto social Hughes em Ação, que procura propagar a inclusão digital e o acesso à conectividade em todo o País, a Hughes do Brasil procurou Edilson e doou o acesso à internet via satélite HughesNet e um notebook para que ele possa estudar diariamente e acompanhar as lições por vídeo com sua professora.

“Há cinco famílias no vilarejo em que a família mora, com crianças de 7 a 11 anos, e não há sinal de celular. A doação de serviço de banda larga e o notebook vão permitir que Edilson tenha acesso às aulas online e se comunique por vídeo com sua professora e seus colegas. Nos traz muita satisfação e orgulho constatar que a internet via satélite pode contribuir muito para os estudos e para o desenvolvimento dos jovens da área rural”, afirma Rafael Guimarães, presidente da Hughes do Brasil.

“Agora, com a internet, ele se sente ainda mais motivado para realizar as atividades da escola e vai melhorar o seu desenvolvimento, já que podemos fazer nossas aulas via internet mais vezes na semana”, conclui Joyce.

A HughesNet, serviço de internet banda larga via satélite lançado em 2016 no Brasil, atende 5 mil municípios no território brasileiro e tem como objetivo levar conexão para moradores de lugares afastados dos grandes centros urbanos, como a área rural, praia e campo, e contribui com a inclusão digital e o impulsionamento de pequenos negócios nessas regiões.

De acordo com a última pesquisa TIC Domicílios, divulgada em 2017, 34% da população tinha acesso à internet na área rural. Um número superior aos 22% registrados em 2014, mas que evidencia que a falta de conectividade ainda é um desafio para o desenvolvimento de localidades remotas, principalmente no meio rural.

Assista ao vídeo: 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui