Início Notícias Seis ideias para entreter as crianças de forma criativa durante a quarentena

Seis ideias para entreter as crianças de forma criativa durante a quarentena

269
0

Uma das principais dificuldades de manter-se em casa durante a quarentena, está o entretenimento das crianças. Mesmo com as aulas e demais atividades online, haja criatividade (e pique!) para fazê-las gastar sua energia durante o tempo livre. Em tempos de pandemia, os pais já perceberam a necessidade de ficar mais próximos dos pequenos e, para muitos, é preciso se reinventar.

“Esta pausa forçada em nossas vidas é também uma oportunidade de reflexão: graças a ela, temos tempo de fazer coisas que nunca faríamos com nossos filhos. Esta pandemia será lembrada pelas crianças como uma fase repleta de momentos ao lado dos pais, coisa que alguns jamais experimentaram”, afirma Alex Lipszyc, arquiteto, pedagogo e diretor de ensino da Panamericana Escola de Arte e Design.

Além disso, Lipszyc explica que o ócio sempre foi a caixa certa para a criatividade. “Quando falamos em estar desocupado, não me refiro ao estado indolente, mas sim àquele que permite um estado de atenção às novidades. Longe do dia a dia de trabalho, nosso cérebro tem tempo para raciocinar por vias diferentes. Este é o caminho certo para abrir possibilidades para o criativo”, diz ele.

Pensando assim, Lipszyc listou algumas atividades criativas que podem ser realizadas pelos adultos na companhia das crianças, produzindo assim momentos memoráveis.

1 – Desenhar

“Toda criança nasce com a habilidade de desenhar, e ela o faz pelo prazer de riscar sobre o papel e pesquisa formas de ocupar a folha”, diz Lipszyc. Segundo ele, o desenho se torna mais expressivo a partir do momento em que ela consegue aplicar uma conjunção mais afinada entre mão, gesto e instrumento, obtendo como resultado o desenho de um pensamento. Sabendo disso, desenhar se torna um passatempo delicioso com crianças de todas as idades, com temas diversos e utilizando diferentes materiais.

2 – Esculpir em argila

O uso da argila pelas crianças proporciona ricas experiências sensoriais, assim como possibilidades ilimitadas para modelar e dar forma aos elementos que habitam o imaginário e a realidade. “Desta forma, elas têm inúmeras possibilidades lúdicas, estéticas e poéticas. Vale a pena”, acredita o pedagogo.

3 – Fazer papel marchê

Esta é uma boa ideia para desenvolver diversas habilidades, como o tato, coordenação motora e concentração.  Além disso, com a técnica as crianças veem de perto uma forma de não desperdiçar papéis, contribuindo com o meio ambiente.

4 – Desenhar com carvão depois do churrasco

Pode ser uma amarelinha no formato tradicional, de caramujo ou cobra. Pode ser um desenho mais personalizado. Vale tudo, mas aqui o importante é transformar o momento do churrasco em brincadeira, diversão e boas lembranças.

5 – Jogos diversos

Os jogos de tabuleiro são muito mais do que simples brinquedos: são uma alternativa para um mundo onde as crianças não conseguem jogar sem wi-fi. Trata-se de uma brincadeira sem telas que estimula  o raciocínio, a memória e a estratégia, além de promover o contato com outras crianças e principalmente, com os pais.

Há ainda inúmeros jogos de cartas que podem ser realizados na companhia de crianças, como Bom dia, meu senhor, Mau Mau, Memória, Mico, Papa Tudo, Rouba Monte e muito mais. Os jogos de baralho são excelentes para estimule a socialização, o respeito às regras e o raciocínio. Há opções de jogos para crianças a partir dos 4 anos, basta pesquisar.

6 – Desenhar no asfalto

Sabe aqueles desenhos que eram muito comuns há alguns anos, na época da Copa do Mundo? Eles podem ser uma alternativa para entreter as crianças nos dias de hoje. O ideal para este tipo de pintura é usar tinta para piso, mas antes de aplicar a tinta, não esqueça de fazer as marcações com giz de lousa ou giz de cera. “Outra ideia é utilizar um barbante para demarcar a área da pintura”, finaliza Lipszyc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui