Início Notícias Projeto editorial de estudantes busca incentivar a participação de mulheres na ciência...

Projeto editorial de estudantes busca incentivar a participação de mulheres na ciência e tecnologia

196
0
Divulgação

A ciência e a tecnologia são áreas extremamente importantes no desenvolvimento da sociedade, porém ainda são atrasadas quanto à equidade de gênero, já que a participação de mulheres é mínima e muito pouco reconhecida. Por isso, incentivar mulheres desde a infância a buscar o caminho científico e tecnológico é essencial, mas como?

Foi a partir de questionamentos como esse que dois estudantes de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal de Sergipe resolveram colocar a mão na massa dentro da Disciplina de Produção gráfica II do curso de Design Gráfico e criaram um projeto gráfico de um livro experimental, voltado para meninas do ensino fundamental, que tem o intuito de inspirar essas meninas a seguirem áreas como essas.

Luan Ivo é diretor de arte foi o idealizador do projeto, ele conta que: “Ao se produzir algo dentro de universidade é fundamental buscar temas que dialoguem com a sociedade, permitindo assim que seu alcance ultrapasse os muros e que possam atingir positivamente a população. Esse livro foi um desafio, um processo de muito aprendizado, acompanhado pela professora Germana Araujo. Fiquei satisfeito com o resultado final e muito feliz de poder ter Ketelly ao meu lado nesse projeto, por ter sido ela a pessoa que me despertou o olhar para essa temática alguns meses atrás.’’

Ketelly Romão já possui um livro publicado e trabalha como redatora publicitária. O convite para fazer parte do livro foi mais que certeiro, pois ela abraça causas relacionadas à equidade de gênero e ao incentivo da leitura desde cedo. “O livro é totalmente ilustrado e possui textos curtos e de fácil absorção, conta histórias de 6 mulheres que fizeram e fazem muito pela ciência e tecnologia, tudo para se tornar mais atrativo ao público-alvo” explica Ketelly.

O livro inicialmente não foi produzido com a intenção de ser publicado, por questões relacionadas aos custos de produção, mas os autores não descartam a possibilidade de publicar e já pensam produzir uma versão digital e disponibiliza-lá assim que possível, para que influencie meninas e outros projetos do tipo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui