Início Notícias Seleção Brasileira feminina de futebol recebe apoio de torcedores após convocação de...

Seleção Brasileira feminina de futebol recebe apoio de torcedores após convocação de Guaraná Antarctica em rede social

Torcedoras do Movimento Alvinegras e Verdonnas se juntaram na torcida pelo Brasil em torneio amistoso no Pacaembu

113
0
Divulgação

Já virou costume em muitos estádios do Brasil: se tem jogo entre duas equipes muito importantes, com grande rivalidade envolvida, a torcida nas arquibancadas é única. Então, não poderia ser diferente na goleada de ontem do Brasil por 5 a 0 diante da Argentina, em torneio amistoso do futebol feminino, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Só que dessa vez, o motivo era muito especial. Torcedoras de times rivais deixaram todas as diferenças de lado e aceitaram a convocação de Guaraná Antarctica para formar uma torcida única de apoio à Seleção Brasileira feminina. Haja festa na arquibancada!

Se as jogadoras do Brasil não cansam de dar orgulho para o país, agora, chegou o momento de elas deixarem o gramado orgulhosas dos brasileiros. Afinal, festejar no estádio e incentivar a equipe nacional do começo ao fim, É Coisa Nossa!

Patrocinador seleções brasileiras masculina e feminina de futebol desde 2001, Guaraná Antarctica renovou o vínculo recentemente por mais oito anos. Desde o início de 2019, a marca tem valorizado tudo o que orgulha o brasileiro, tudo aquilo que É Coisa Nossa. Por isso, nesse novo ciclo do futebol feminino, resolveu, mais uma vez, mostrar todo seu apoio para as jogadoras. E nem mesmo qualquer rivalidade poderia atrapalhar essa corrente.

Se muitos achavam difícil haver harmonia na arquibancada, as torcedoras provaram o contrário e deram um show. A convocação, feita pelas redes sociais, uniu as palmeirenses do Verdonnas e as corintianas do Movimento Alvinegras. A ideia de juntá-las em apoio à Seleção Brasileira transformou o Pacaembu em um caldeirão verde-amarelo.

“Guaraná Antarctica convidou a gente para acompanhar a Seleção junto com a torcida do Palmeiras. Foi muito bacana. A gente entende que a equipe feminina precisa da gente acima de qualquer rivalidade. Elas passam por um momento de transição importante, o futebol feminino vem crescendo cada vez mais. Então, é importante a gente apoiar. Entendemos que é bom estar juntas nesse momento, independentemente do time que torcemos. Essa iniciativa é muito importante”, afirmou Alana Takano, da Movimento Alvinegras.

“Guaraná Antarctica nos convocou e foi muito legal. Acreditamos muito nessa união das mulheres. Foi uma iniciativa muito legal, topamos de cara. Rivalidade nessa hora não importa. Em termos de futebol feminino, a gente sabe que é fundamental essa união. O futebol feminino precisa ser muito maior ainda. Torço pelo Palmeiras, mas acompanho todos os times”, destacou Tainá Shimoda, da Verdonnas.

A torcida ainda contou com o reforço das integrantes do Joga Miga, uma iniciativa multiáreas que incentiva meninas a jogarem futebol em todo o país. “A parceria com Guaraná Antarctica começou na Copa do Mundo e estamos muito felizes de ver a marca apoiando não apenas a seleção, mas o futebol feminino como um todo. Mais de 150 participantes do projeto aceitaram a convocação de Guaraná pelas redes sociais e vieram ao Pacaembu torcer pelo Brasil”, comentou Nayara Perone, idealizadora do projeto.

“Guaraná Antarctica sempre apoiou as seleções, feminina e masculina, de todas as categorias. Somos uma marca que apoia tudo o que dá orgulho para o brasileiro. E estamos ansiosos acompanhando as evoluções e conquistas do futebol feminino. Então, para esse jogo, queríamos mostrar que qualquer rivalidade pode ficar de lado em torno de algo especial, como a equipe brasileira”, afirmou Daniel Silber, gerente de marketing de Guaraná Antarctica.

Guaraná Antarctica iniciou neste ano uma campanha para valorizar ainda mais o futebol feminino no país, incentivando outras empresas a apoiarem a modalidade feminina. A campanha contou com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões. As três atletas fizeram um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito, entre outros. Essas imagens, então, foram negociadas com mais de 15 marcas e o valor arrecadado foi dividido entre as jogadoras e o Joga Miga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui