Início Notícias Ethos: 10 compromissos da empresa com promoção dos direitos LGBT

Ethos: 10 compromissos da empresa com promoção dos direitos LGBT

568
0

Na semana que se discute os direitos LGBTI+, que marca a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo no dia 23 de junho, um tema relevante é a promoção da diversidade nas empresas, incluindo a questão LGBTI+.

O Instituto Ethos criou em 2013, do manual “O Compromisso das Empresas com os Direitos Humanos LGBT”, com orientações ao mundo empresarial em ações voltadas para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Discutido com a participação de 36 grandes empresas e 74 profissionais, o então Fórum de Empresas e Direitos LGBT, destacou 10 compromissos das empresas com a promoção dos direitos LGBTI+. Acesse a publicação aqui.

  1. Comprometer-se – presidência e executivos – com respeito e a promoção dos direitos LGBT
  2. Promover igualdade de oportunidades e tratamento justo às pessoas LGBT
  3. Promover ambiente respeitoso, seguro e saudável para as pessoas LGBT
  4. Sensibilizar e educar para o respeito do LGBT
  5.  Estipular e apoiar a criação de grupos de afinidade LGBT
  6. Promover o respeito aos direitos LGBT na comunicação e marketing
  7. Promover o respeito aos direitos LGBT no planejamento de produtos, serviços e atendimento aos clientes
  8. Promover ações de desenvolvimento profissional de pessoas do segmento LGBT
  9. Promover o desenvolvimento econômico e social das pessoas LGBT na cadeia de valor
  10. Promover e apoiar ações em prol dos direitos LGBT na comunidade

Em 2018, deu-se início a criação do Guia Temático dos Indicadores Ethos- Fórum LGBT+. uma ferramenta inédita no Brasil que tem o objetivo de promover a diversidade e direitos LGBTI+ na esfera empresarial.

“As empresas podem exercer um papel vital na promoção da diversidade. Consiste em um ambiente com a capacidade de engajar seus colaboradores e sua cadeia de valor, promovendo políticas mais inclusivas e incentivando mudanças de conduta em seus relacionamentos”, diz Ana Lucia Melo Custodio, diretora-adjunta do Instituto Ethos. Segundo ela, ao transmitir esse conceito no dia a dia do trabalho, há a possibilidade de reverberar os aprendizados para a sociedade como um todo. “Trata-se de um ciclo virtuoso, no qual as empresas são chave para que isso se fortaleça cada vez mais”.

Artigo anteriorMultishow exibe VillaMix Festival Goiânia ao vivo em junho
Próximo artigoFilme “Meu primeiro sutiã” entrou no Shortlist de Film e Glass do Cannes Lions 2019
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui