Início Notícias Justiça bloqueia a marca Victor Hugo devido a uma dívida tributária de...

Justiça bloqueia a marca Victor Hugo devido a uma dívida tributária de mais de R$ 300 milhões

1230
0

A Justiça bloqueou os bens da grife brasileira de bolsas e acessórios em couro Victor Hugo. O motivo do bloqueio é uma dívida tributária que ultrapassa R$ 300 milhões.

Segundo informações do jornal Valor Econômico, empresa afirma que recorrerá da decisão. A Victor Hugo também é acusada de formação de grupo econômico, com cerca de dez alterações contratuais desde a sua fundação em 1980, no Rio de Janeiro. Foi encontrado movimentações atípicas em offshores no Uruguai e em Belize. Desde sua formação, a marca passou por dez mudanças societárias que, segundo a Juíza Lívia Maria de Mello Ferreira, da 8ª Vara Federal de Execução Fiscal do Rio de Janeiro, tinha como foco a ocultação de patrimônio. 

“Evidência da formação do grupo econômico com intuito de ocultar patrimônio da devedora, bem como através de criação de offshore para blindagem patrimonial, além da incompatibilidade da receita bruta e movimentação financeira da devedora, demonstrada na pesquisa CCS [Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro], com os valores obtidos no bloqueio pelo Bacenjud [plataforma de bloqueio de dinheiro diretamente da conta bancária]”, relata a juíza Livia Maria de Mello Ferreira, da 8ª Vara Federal de Execução Fiscal do Rio de Janeiro, no dia 17 de dezembro, com execução fiscal em 8 de janeiro.

A Justiça também pediu junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) o bloqueio da marca Victor Hugo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui