Início Notícias Após protestos contra morte de cachorro, Carrefour Osasco fecha as portas

Após protestos contra morte de cachorro, Carrefour Osasco fecha as portas

7334
1

Na tarde de sábado (8/12), manifestantes realizaram protesto no Carrefour, na Avenida dos Autonomistas, em Osasco (SP). O protesto aconteceu através de uma mobilização digital após um cachorro ser envenenado, agredido e morto a pauladas por um segurança terceirizado.

A loja permaneceu fechada neste sábado e apenas o estacionamento foi aberto para os manifestantes.  
Ainda não há informações sobre a reabertura da loja após as manifestações.

Em relação ao fechamento da loja em Osasco (SP), a área de vendas parou de operar temporariamente apenas antes do início da manifestação, realizada por volta das 15h do sábado (08),para garantir a segurança de todos.

Porém, o estacionamento foi oferecido para que a manifestação transcorresse normalmente.

A loja opera normalmente.

Conversamos com a equipe da Carrefour que emitiu a seguinte nota:

“O Carrefour informa que se reuniu com diversas ONGs e entidades que atuam com a causa animal, ouvindo suas solicitações e recomendações para a construção de iniciativas em prol da causa. Dentre as ações anunciadas estão: a revisão dos procedimentos internos para lidar com animais abandonados no entorno das lojas; revisão dos treinamentos de colaboradores, parceiros e prestadores de serviço; ampliação das feiras de adoção de animais em todo o país; reaparelhamento do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco (SP), para que possam desempenhar suas funções da melhor forma possível; criação do ‘Carrefour Pet Day’, a ser realizado anualmente no dia 28 de novembro, data da morte da cachorrinha, quando apoiará com recursos entidades de acolhimento e defesa animal. A companhia seguirá em contato com essas entidades para o desenvolvimento de novas inciativas em prol da causa animal. Seguimos colaborando com as autoridades para que o caso seja elucidado o mais rápido possível. Reforçamos que estamos tristes com a morte do animal e não vamos nos eximir de nossa responsabilidade.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here