Início Notícias Digital LinkedIn disponibiliza campo exclusivo para pronomes no perfil dos usuários

LinkedIn disponibiliza campo exclusivo para pronomes no perfil dos usuários

Novo recurso faz parte de uma série de ações da campanha #ProudAtWork, que celebra o mês do orgulho LGBTQIAP+

450
0

Com o intuito de promover um ambiente mais inclusivo e diverso, o LinkedIn, a maior rede social profissional do mundo, anunciou um campo exclusivamente dedicado para a identificação de pronomes dos usuários. O recurso, que já foi implementado nos Estados Unidos, chega ao Brasil, México, França, Alemanha, Noruega e Dinamarca, em junho. 

A partir deste mês, os profissionais terão a opção de selecionar como gostariam de ser tratados. Além das opções  ele/dele, ela/dela e eles/deles, será possível adicionar  pronomes personalizados. Haverá ainda a possibilidade de controlar quem terá acesso a esta informação, ou seja, compartilhar com “Todos os usuários do LinkedIn” ou apenas com as “conexões de primeiro grau”. Contudo, para evitar discriminação nas buscas feitas dentro da plataforma, os pronomes não serão indexados no campos de pesquisa e, portanto, não poderão ser achados desta forma.

Com esta atualização, o LinkedIn tem como objetivo facilitar a comunicação entre os usuários além das fronteiras culturais, de gênero e geográficas. A criação dessa ferramenta possibilita uma comunidade mais amigável e inclusiva, em especial para a comunidade de pessoas transexuais e aqueles que se identificam como não binários ou preferem usar pronomes de gênero neutro.

Mês do orgulho LGBTQIAP+

Para continuar apoiando a luta LGBTQIAP+ e promover um ambiente cada vez mais diverso, o LinkedIn realiza, anualmente, a campanha  #ProudAtWork, que busca incentivar o debate pela inclusão na rede. 

Liderado pelo comitê de diversidade do LinkedIn, a iniciativa deste ano contou com a divulgação de uma cartilha que convida profissionais LGBTQIAP+ e apoiadores da causa a escreverem sobre o tema “Como é o espaço de trabalho do futuro?” dentro da rede durante o mês de junho. Neste material, há o passo a passo para que todos possam usar a plataforma da melhor maneira possível com a publicação de artigos, stories e outros conteúdos voltados para  desafios, assim como as vitórias da comunidade nos últimos anos. 

O LinkedIn contou com a participação e consultoria de Maite Schneider, cofundadora da TransEmpregos e Top Voice LinkedIn, para desenvolver conteúdos para os perfis oficiais da rede nas mídias sociais e, assim, continuar as conversas sobre como as empresas podem contratar de forma mais inclusiva e o papel dos aliados nesta luta. 

Como nos anos anteriores, a plataforma também trocou seu logo azul original por um com as cores da bandeira LGBTQIAP+. Nos Stories, é possível utilizar figurinhas inspiradas no mês do orgulho nos conteúdos. 

Artigo anteriorResultados e agilidade: Lew’Lara\TBWA lança BridgeX
Próximo artigoSantander lança Consórcio Gamer e avança em estratégia para ser o banco dos esportes eletrônicos no Brasil
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui