Início Notícias Vulcabras divulga resultados financeiros com receita bruta de R$0,5Bi e lucro com...

Vulcabras divulga resultados financeiros com receita bruta de R$0,5Bi e lucro com crescimento de 21,1%

Ainda sem a operação da Mizuno, que passa a integrar os resultados em 2021, a companhia registra um lucro líquido de R$ 54,6 milhões.

257
0

A Vulcabras segue reportando desempenho positivo com crescimento superior a 20% tanto na receita como no lucro em um período em que o varejo ainda buscava estabilidade e recuperação das vendas.

Na contramão de um cenário de retração da economia nas vendas varejistas brasileiras, que recuaram em dezembro 6,1% em relação a novembro de 2020, e -0,1% em novembro comparado a outubro de 2020, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Vulcabras apresenta um trimestre saudável e com crescimento de vendas acima de dois dígitos.

No quarto trimestre de 2020, a companhia apresentou receita líquida de R$ 459,1 milhões, EBITDA R$ 73,9 milhões, e lucro líquido no período de R$ 54,6 milhões, um aumento de 22,8% e 21,1% respectivamente em relação ao 4T19.

“Em um trimestre de phase-out da operação do feminino e ainda sem a Mizuno no portfólio, conseguimos um crescimento expressivo dos nossos resultados, mostrando a capacidade da empresa em se adaptar muito rapidamente as novas condições do mercado. A resposta acelerada da Companhia reforçou sua posição como parceira estratégica na retomada do varejo e proporcionou o crescimento de participação de mercado de suas marcas” diz Pedro Bartelle.

As coleções lançadas para o segundo semestre de 2020 tiveram ótima adesão do mercado e absorveram a demanda do varejo no momento de retomada das atividades, aumentando a participação das marcas da companhia no varejo nacional”.

Durante o trimestre, o e-commerce das marcas manteve a tendência de expansão no ano de 2020 e fechou o ano com aumento 141,1% na receita líquida em relação ao ano de 2019.

Além disso, a empresa investiu em um novo centro de distribuição, em Extrema (MG), que entra em operação plena a partir da segunda quinzena de março. Este novo centro de distribuição contará com uma operação logística dedicada ao e-commerce das marcas e também com a operação de distribuição de produtos acabados comprados de terceiros (importados e nacionais). A escolha estratégica da localização, que conta com facilitadores logísticos, mão de obra e serviços especializados, dará à Vulcabras ainda mais eficiência e competitividade para seus negócios.

FOCO NO ESPORTE

Em 29 de janeiro de 2021, a Vulcabrasconcluiu a aquisição da operação da Mizuno no Brasil, passando a desenvolver, produzir e importar produtos da marca, incluindo calçados, vestuários e acessórios, com exclusividade em território nacional para a distribuição ao varejo e comercialização direta ao consumidor através de lojas próprias e e-commerce (www.mizuno.com.br) até dezembro de 2033. Com a integração da marca Mizuno ao seu portfólio de marcas esportivas, a Vulcabras conclui uma transição estratégica, iniciada em 2018 com a aquisição da Under Armour, e se consolida como a maior gestora de marcas de artigos esportivos no Brasil atuando em todas as etapas dessa complexa cadeia, desde a criação e desenvolvimento, até a produção e distribuição.

Olympikus, Under Armour e Mizuno, terão à disposição toda a tecnologia e inovação do centro de desenvolvimento de calçados da companhia, o maior da América Latina, seu parque industrial modernizado, com tecnologia de produção em âmbito mundial, equipe comercial ampla que atende a mais de 10 mil clientes em território nacional e estratégias de marketing dedicada a cada marca. Essa composição de marcas possibilita a Vulcabras a oferecer produtos que atendam a todos os perfis de consumidores e atletas e suas respectivas necessidades, com calçados que vão de R$ 149 a R$ 1.600 e roupas e acessórios esportivos de R$ 49 a R$ 999.

“Com um relevante portfólio de marcas, uma moderna estrutura de desenvolvimento, produção e distribuição e um time de colaboradores altamente qualificados, temos a convicção que estamos prontos para crescer ainda mais e mais rápido. Seguiremos na busca do crescimento de nossas marcas e enxergamos um futuro com ganhos de vendas e de rentabilidade, o que proporcionará resultados cada vez melhores”.

Artigo anteriorUnilever lança novo movimento global e diz ‘não’ aos padrões de beleza
Próximo artigoPara promover diversidade e inclusão, JBS contrata consultoria de Rachel Maia e se alia ao Movimento Mulher 360
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui