Início Notícias Bienal do Livro Rio chega a todo o Brasil com plataforma digital...

Bienal do Livro Rio chega a todo o Brasil com plataforma digital que traz conteúdos inéditos e exclusivos

O maior evento cultural do país lança plataforma digital que traz conteúdos inéditos e exclusivos

396
0
Reprodução/Site

Maior festival de cultura do país, a Bienal do Livro Rio agora é Bienal do Brasil, do mundo. No dia 1º de fevereiro, a organização do festival lança sua plataforma digital, um hub de cultura e mercado literário, onde o público de qualquer lugar do mundo terá acesso gratuito a conteúdos inéditos, nos mais variados formatos. 

A nova plataforma será hospedada no site da Bienal (www.bienaldolivro.com.br) e trará novidades sempre. Textos, vídeos, podcasts, entrevistas e até experiências interativas com autores nacionais e internacionais fazem parte do planejamento. O público pode esperar conteúdo de qualidade, debates interessantes, autores consagrados e personalidades de destaque do universo cultural, assim como acontece no evento presencial, que está programado para acontecer em setembro, no Rio de Janeiro.  

“A construção do conteúdo da Bienal é tão rica que um encontro de dez dias a cada dois anos já não era suficiente. A Bienal agora será permanente e com um alcance enorme, o público já nos pedia isso, estamos animados com a possibilidade de levar a Bienal para as casas de todos os brasileiros. A plataforma é uma possibilidade para que quem nunca teve a oportunidade de vivenciar o evento sinta um pouquinho do clima do festival”, afirma a diretora da GL events responsável pela organização da Bienal, Tatiana Zaccaro.  

Diante das novas formas de consumo de informação, esse ecossistema literário precisava de um hub de cultura, que já vinha sendo estruturado com o Café Digital, o Canal Bienal, o Festival Conexões e que agora se transforma em uma plataforma, com apoio e parceria do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e de editoras. O novo espaço reforça o compromisso da Bienal de incentivar o hábito da leitura e promover debates de qualidades para transformar o país.  

A editora executiva do selo Galera da editora Record, Rafaella Machado, uma das Editoras parceiras da Bienal, acredita no potencial da plataforma para o mercado da venda e divulgação de livros. “A Bienal do Livro sempre foi um espaço importantíssimo para divulgação de literatura jovem, e mesmo com a pandemia, essa importância só aumentou. Uma única ação digital do evento vendeu em 24 horas 2000 exemplares de um dos nossos lançamentos”, conta ela. 

Programação de lançamento 

Assuntos relacionados a temas atuais como mercado de trabalho, racismo, feminismo e política estarão em pauta, assim como narrativas de ficção, temas infantis, do universo geek e muito mais. Para o lançamento da plataforma, a Bienal presenteia o público com uma entrevista com Itamar Vieira Júnior, autor do aclamado “Torto e Arado” vencedor de prêmios como Jabuti e Oceanos no Brasil e Leya em Portugal. 

Já o diretor de cinema Cacá Diegues compartilha com os leitores dicas de filmes imperdíveis adaptados da literatura nacional. Além dos convidados especiais, a plataforma vai disponibilizar também matérias sobre literatura infantil, feminista, LGBTQIA+, sociedade, games, etc. 

As experiências culturais online têm ganhado espaço e atraído a atenção principalmente de jovens engajados em temas atuais, fãs do universo dos games e leitores ávidos de todas as idades que buscam na internet mais informação que surpreendam e complementem a compra de livros. 

“Esse fenômeno nos mostra a transicionalidade do universo da literatura e o enorme potencial de geração de conteúdo que temos a partir dela. Hoje o público está pronto para consumir conhecimento em formatos cada vez mais inovadores”, diz Tatiana. 

Plataforma com e-commerce 

Segundo ela, durante o evento físico, os visitantes adquirem uma média de 6,2 livros por pessoa – muitos deles carregam malas cheias de novidades e exemplares para toda a família. Para esses amantes literários, a plataforma da Bienal contará com um e-commerce em parceria com o Submarino. 

“O Submarino marcou presença nas últimas cinco edições da Bienal do Livro e não poderia ficar de fora desse novo projeto. Vamos disponibilizar milhões de títulos do site para que os visitantes da plataforma comprem suas obras preferidas depois de desfrutar do conteúdo do hub, com a vantagem de recebe-los no conforto de casa, conta Vitor Monte, head de markeging do Submarino.

“Todo aquele ambiente convidativo e estimulante faz com que as pessoas sintam ainda mais vontade de ler. O mesmo acontecerá na nossa plataforma: conteúdo com qualidade para todos os públicos, além de experiências exclusivas com autores. O evento físico passará a ser a celebração de toda essa construção que estamos fazendo na plataforma”, adianta Tatiana.

Artigo anteriorMarta Díez é nomeada presidente da Pfizer Brasil
Próximo artigoAmbev busca profissionais de todo o Brasil que tenham experiências diversas para trabalhar na área de Marketing
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui