Início Notícias Instituto Êxito de Empreendedorismo e UNESCO firmam parceria para capacitar jovens de...

Instituto Êxito de Empreendedorismo e UNESCO firmam parceria para capacitar jovens de escolas públicas com educação empreendedora

630
0
Na imagem estão o fundador e conselheiro fiscal, Marcelo Chucre; o presidente do Êxito, Janguiê Diniz e o vice-presidente e coordenador do comitê de Educação, Celso Niskier.

Nesta quinta-feira (17), o Instituto Êxito de Empreendedorismo e a UNESCO no Brasil assinaram uma parceria inédita para o desenvolvimento do espírito empreendedor entre os jovens no país. O acordo de cooperação técnica e financeira prevê a criação do projeto Lições de Empreendedorismo para o Alcance de uma Educação Emancipadora e Transformadora. Nele, serão desenvolvidas iniciativas de criação, produção e oferta de um curso de capacitação em empreendedorismo para jovens.

As ações do projeto serão voltadas para estudantes do ensino básico da rede pública. A expectativa é atender 10 mil jovens com o projeto-piloto, que, depois, será estendido para toda a rede pública brasileira. “O Instituto Êxito de Empreendedorismo nasceu com a missão de promover uma verdadeira transformação na vida de jovens brasileiros, por meio da educação empreendedora. Ficamos felizes em poder contar com parceiro tão renomado internacionalmente como a UNESCO, para impulsionar nossos projetos em prol do empreendedorismo no Brasil”, afirma o presidente do Instituto Êxito, Janguiê Diniz.

A capacitação promovida pelas duas instituições terá um material didático especialmente desenvolvido pelos parceiros e contará com o uso da plataforma online do Instituto Êxito, que já possui mais de 350 cursos. “Os jovens beneficiários do projeto receberão valiosas lições sobre o empreendedorismo, adquirindo competências pessoais, técnicas e gerenciais para que possam construir uma mentalidade de crescimento e transformar suas vidas para melhor, empreendendo seus projetos com apoio de mentores do Êxito, entre eles muitos empreendedores de sucesso em suas áreas de atuação”, explica o vice-presidente do Instituto, Celso Niskier.

“Para a UNESCO, é um privilégio ser parceira em uma iniciativa como essa. A pandemia afetou severamente o sistema educacional, especialmente as populações mais vulneráveis. O fechamento das escolas tem consequências que vão além da aprendizagem. Ao ficar em casa, longe do ambiente escolar, os jovens têm mais dificuldades para desenvolver suas competências e habilidades. Soma-se a isso a crise econômica, agravada pela pandemia, que atinge de modo mais severo a população de baixa renda. Ao levar esse projeto para os estudantes da rede pública, estamos ajudando também na construção de um futuro com menos desigualdades e mais oportunidades para todos”, destaca a diretora e representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto.

“Encontramos na UNESCO uma sintonia muito grande com a missão do Instituto, que é transformar vidas por meio da educação empreendedora, e com a experiência mundial dessa importante organização internacional, aplicaremos uma metodologia inovadora e focada na emancipação e no protagonismo dos jovens brasileiros, dando o necessário respaldo de qualidade ao projeto”, avalia Janguiê.

Artigo anteriorPanasonic apresenta 11 lançamentos no Brasil
Próximo artigo2º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin anuncia os premiados
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui