Início Notícias Suzano fortalece ações para inclusão de LGBTI+ no mercado de trabalho

Suzano fortalece ações para inclusão de LGBTI+ no mercado de trabalho

Objetivo é garantir ambiente de trabalho igualitário e livre de preconceitos para todos

291
0

No mês em que se comemora o Dia Mundial do Orgulho LGBTI+, a Suzano, referência global na produção de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, reforça seu compromisso em ampliar as ações para promover a diversidade e a inclusão de pessoas de orientação sexual e identidades de gênero diversas. O objetivo é garantir aos colaboradores da empresa um ambiente de trabalho igualitário e livre de preconceitos.

“Ampliar a diversidade dentro do setor corporativo e industrial vai além de preparar o setor de Recursos Humanos para não excluir um candidato pelo seu estereótipo, orientação sexual ou identidade de gênero no momento da seleção, embora já seja um grande passo. É preciso criar um ambiente igualitário e livre de preconceitos dentro das empresas. Por isso, a Suzano criou, em 2016, o Grupo Plural, movimento orgânico e voluntário, responsável pela promoção de uma série de ações em prol da diversidade. Este grupo foi ampliado em 2018 e institucionalizado em 2019 como estratégia de Sustentabilidade, Diversidade e Inclusão da Suzano”, destaca Flávia Adrião, gestora de Gente e Gestão da Suzano.

Formado inicialmente por um grupo de mulheres, o Plural tem como missão usar a informação como forma de promover a diversidade e combater os vários tipos de preconceito, seja por gênero, cor, estereótipo, etnia e orientação sexual.

No caso da comunidade LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Intersexuais e Diversos), mais um importante passo foi tomado para a luta contra a discriminação. Em setembro de 2019, a Suzano assinou a Carta de Adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+. A ideia é que, ao sensibilizar seus colaboradores, a empresa contribua para a transformação da sociedade como um todo.

A criação de um ambiente diverso inclui o acesso igualitário a direitos e benefícios. Na Suzano, parceiros do mesmo gênero têm os mesmos benefícios concedidos aos parceiros heterossexuais, como plano de saúde, auxílios, indicação de beneficiários, licença maternidade e paternidade (de 20 dias), auxílio creche e kit maternidade.

No caso de casais homoafetivos em que os dois trabalham na empresa, quando do nascimento ou adoção de um filho, um(a) deve escolher entre a licença maternidade (6 meses) e outro(a) pela licença paternidade (20 dias).  De acordo com Joseph Kuga dos Santos Marques, que trabalha na área de Diversidade e Inclusão na Suzano, ações como a da companhia são essenciais para a transformação do mercado de trabalho em prol de uma sociedade mais inclusiva.

“Ainda são muitos os casos em que o estereótipo aparece como fator de exclusão no mercado de trabalho. A promoção da igualdade começa com o respeito aos direitos da pessoa e a garantia de acesso a benefícios sem qualquer tipo de discriminação. Na Suzano, faz parte dos nossos valores olhar exclusivamente para talentos e competências. É desta transformação que queremos fazer parte”, completa Joseph. 

Metas No início deste ano, a Suzano divulgou suas metas de longo prazo, incluindo objetivos específicos para promover e a Inclusão e a Diversidade na organização. Entre elas está a meta de promover uma liderança mais diversa, com 30% de mulheres e 30% de negros em cargos de gestão até 2025. Essas metas estão atreladas a uma agenda maior, a de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui