Início Notícias Coronavírus: Em Sergipe, Segurança Pública cumpre decreto e fecha estabelecimentos comerciais

Coronavírus: Em Sergipe, Segurança Pública cumpre decreto e fecha estabelecimentos comerciais

331
0

As forças de Segurança Pública estão nas ruas desde a publicação do Decreto 40.560/2020 que atualiza as normas para que estabelecimentos comerciais e população cumpram o que prevê a determinação feita pelo estado. A Polícia Militar está recebendo informações que são repassadas para o número 190, por meio do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). O Disque Denúncia 181, da Polícia Civil, e o 156 (Prefeitura de Aracaju) também estão à disposição para que os casos possam ser checados e as medidas ideais sejam tomadas.  

Segundo informações da Polícia Militar, vários estabelecimentos não cumprem o decreto e insistem a abrir os espaços. “Estamos pedindo educadamente que essas pessoas fechem os bares e restaurantes, pois é uma determinação que está em decreto governamental e serve para garantir a segurança de todos que estão em nosso estado. Vamos dar nossa contribuição para que não haja a expansão do contágio do coronavírus”, explicou o coronel Moura Neto, comandante do policiamento militar da capital. 

Para o secretário da Segurança Pública, João Eloy, a missão das polícias nesse momento é humanitária e precisa ser feita com inteligência, paciência, mas com o rigor que o momento exige. “Precisamos cumprir a lei e tomar as atitudes necessárias para que o sistema de segurança púbica cumpra o seu papel. Nossos policiais e bombeiros estarão à disposição do povo de Sergipe nesse momento que é tão crítico”, garantiu. 

Segundo informes do Ciosp, equipes da Polícia Militar já evitaram que a chamada “Feira das Trocas” funcionasse na manhã deste sábado e montou equipes no local. Na orla da Atalaia, vários bares e restaurantes insistem em ficar abertos, mas também foram fechados. “Como há uma determinação prevista em lei, essas pessoas podem, inclusive, responder por desobediência”, explicou o coronel Eduardo Brandão, diretor do Ciosp.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui