Início Notícias HP faz parceria com WWF para recuperação de Mata Atlântica

HP faz parceria com WWF para recuperação de Mata Atlântica

Parceria com World Wildlife Fund para adotar medidas que sejam positivas para as florestas

285
0
Divulgação

A HP Inc. (NYSE: HPQ) anunciou, durante a cúpula do Fórum Econômico Mundial sobre Impacto para o Desenvolvimento Sustentável, suas próximas ações para criar um futuro florestal positivo para o setor de impressão, juntamente com o World Wildlife Fund (WWF), seu parceiro de longa data e líder na área de conservação. Ao se unir ao WWF, a HP se compromete com a restauração, proteção e conservação de 200 mil acres (aproximadamente 81 mil hectares) de floresta, área equivalente ao tamanho da cidade de Nova Iorque. Como parte do acordo quinquenal, a HP também apoiará os esforços do WWF no desenvolvimento de metas com base científica para as florestas, a fim de beneficiar a restauração e manejo florestal, relacionados a emissões de carbono e à natureza. A nova iniciativa, liderada pelo WWF, terá início em novembro. Os dois principais projetos de restauração e manejo florestal marcam o início das atividades da Cooperação Florestas Sustentáveis da HP.

Ao colaborar com o WWF, a companhia líder da indústria mundial de impressão está investindo na conservação das florestas do planeta e adotando ações significativas para colocar em prática sua visão de impressão sustentável. A Cooperação Florestas Sustentáveis da HP, que vai além dos programas de compra de fibra sustentável, foi estruturada para promover ações no momento e inspirar outros a preservar e melhorar os ecossistemas florestais para as futuras gerações. O objetivo da companhia é aumentar diretamente o suprimento de fibra reciclada e certificada pelo FSC ao imprimir com a HP, ao mesmo tempo que contribui para a restauração, proteção e melhor manejo das florestas mundiais para as futuras gerações.

“A HP há muito tempo vislumbra um futuro melhor por meio da tecnologia, que tem o poder de criar um amanhã sustentável”, explica Tuan Tran, presidente global de soluções de impressão e imagem. “É por isso que nos juntamos ao World Wildlife Fund, ao FSC e outros, a fim de criar um futuro florestal positivo para a impressão, restaurando e protegendo as florestas do mundo para nossa indústria, nossos clientes e nossas comunidades”, completa o executivo.

Forest positive: um futuro florestal positivo

Ao longo dos cinco anos da parceria, a HP contribuirá com US$ 11 milhões para o WWF restaurar parte da Mata Atlântica ameaçada no Brasil e ampliar o manejo sustentável de fazendas e plantações florestais estatais na China – protegendo, ao todo, uma área combinada de 200 mil acres (cerca de 81 mil hectares).

A HP também irá ajudar no desenvolvimento de metas com base científica para as florestas. A parceria fornecerá importantes diretrizes sobre a quantidade e a qualidade das florestas necessárias para que regiões-chave possam restaurar e proteger ecossistemas florestais, além de trazer os co-benefícios para pessoas, plantas e animais. A HP apoiará o desenvolvimento de ferramentas externas para ajudar empresas a estimar os benefícios climáticos, hídricos e de biodiversidade associados a diversos esforços de conservação.

“O declínio das florestas ao redor do mundo desestabiliza cada vez mais nosso clima e ameaça a rica biodiversidade que sustenta bilhões de vidas e meios de subsistência”, afirma Carter Roberts, presidente e CEO do World Wildlife Fund. “Para reverter a perda e a degradação global das florestas, as empresas precisam olhar para além de suas cadeias de suprimento e implementar estratégias ousadas de proteção e restauração desses ecossistemas essenciais. O novo projeto da HP tem o potencial de promover mudanças substanciais e duradouras e estimular outros líderes da indústria a agir”, diz Roberts.

Uma convocação para agir

Com florestas ricas em recursos sendo destruídas ao ritmo de 27 campos de futebol por minuto, a HP acredita que este é o momento para melhores modelos de negócios, mais colaboração e ações mais rápidas. Por isso, está trabalhando com os maiores fabricantes de papel do mundo, incluindo a International Paper, cuja extração responsável de fibras ultrapassa 7 milhões de toneladas por ano – o equivalente ao peso de 50 mil baleias azuis, o maior animal da Terra.

Além disso, a International Paper e o WWF têm colaborado em objetivos ambiciosos de extração sustentável de fibra, estabelecendo juntos as primeiras metas de conservação florestal com base científica. A HP ampliará os esforços de conservação já realizados pelo WWF e pela International Paper. Como empresa, que há muito tempo é stakeholder do FSC e detentora de sua certificação, a International Paper está comprometida com o manejo sustentável, conservação e restauração de florestas, tanto dentro quanto fora de sua cadeia de suprimentos.

“Estamos muito felizes que a HP tenha decidido se juntar a nós em nossa ambição de promover ações de conservação e restauração em ecossistemas florestais que vão além de nossas atuais cadeias de suprimentos de fibra”, afirma Tom Cleves, vice-presidente de cidadania global da International Paper. “Aplaudimos a HP por estender a todos os seus fornecedores o papel de produzir com responsabilidade e garantir que os consumidores saibam que o papel que compram provem de florestas renováveis e manejadas sustentavelmente”, afirma o VP.

Olhando para o futuro

Com suas metas de zero desmatamento já atingidas nos papéis com a marca HP e, para complementar os projetos anunciados agora, a HP pretende promover a conscientização sobre a importância do manejo florestal responsável, de forma a aumentar a demanda por produtos ecológicos e certificados pelo Forest Stewardship Council (FSC).

“Como o FSC é a certificação florestal de maior credibilidade no mundo, as florestas com manejo sustentável certificadas com o selo são fundamentais para a biodiversidade, água limpa e armazenamento de carbono, bem como para a madeira e celulose”, afirma Corey Brinkema, presidente do Forest Stewardship Council nos Estados Unidos. “A nova iniciativa da HP representa o tipo de liderança empresarial necessária à proteção das florestas para as atuais e futuras gerações, bem como ao combate às mudanças climáticas, ainda quando usamos produtos florestais para atender nossas necessidades diárias”, completa.

A HP também continuará atuando para reduzir as emissões de carbono e o consumo de energia e, ao mesmo tempo, aumentando o uso de materiais reciclados e plástico oceânico em seus produtos. A companhia está a caminho de atingir seu objetivo de zero desmatamento para produção de embalagens até 2020 e se comprometeu a elevar o uso de plásticos reciclados pós-consumo para 30% em todo o seu portfólio de sistemas pessoais e produtos de impressão até 2025.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui