Início Notícias 23 milhões de pessoas poderão quitar suas dívidas e limpar seu nome...

23 milhões de pessoas poderão quitar suas dívidas e limpar seu nome se sacarem R$ 500 da conta de FGTS

118
0
Presidente da República, Jair Bolsonaro durante assinatura de Medida Provisória. Foto: Marcos Corrêa/PR

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) divulgou nesta terça-feira (20/8) um estudo sobre os impactos regionais do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A publicação destaca que os saques de até R$ 500 por conta beneficiam os mais pobres e representam 0,58% do PIB do país.

O secretário de Política Econômica do ME, Adolfo Sachsida, salientou que o saque imediato resolve um problema de má alocação de recursos: “Estamos devolvendo ao trabalhador o dinheiro que é dele. Ele está tendo a liberdade de escolha para decidir onde quer utilizar o seu dinheiro”.

Sachsida lembrou, ainda, que é a primeira vez que se libera recursos do fundo para cerca de 96 milhões de brasileiros, o que representa quase metade da população do país e que 81% das contas do FGTS possuem saldo de R$ 500 reais.

O estudo mostra a importância que a medida terá no aumento da renda familiar dos mais pobres, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, e ressalta o número de trabalhadores beneficiados por unidade federativa.

Segundo o subsecretário de Macroeconomia, Vladimir Kuhl Teles, 37% das pessoas estão hoje negativadas por dívidas inferiores a R$ 500, conforme dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). “O percentual equivale a cerca de 23 milhões de brasileiros. Quem tiver acesso ao saque imediato poderá limpar seu nome”, salientou.

O texto destaca, ainda, que a medida tem potencial de liberar até R$ 40 bilhões em saques até 2020, de acordo com dados da Caixa.

CidadeMarketing com informações do Ministério da Economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui