Início Notícias Saiba o que a Uber preparou para o mês do Orgulho LGBTQIA+...

Saiba o que a Uber preparou para o mês do Orgulho LGBTQIA+ 2019

56
0
Reprodução

A Uber, patrocinadora oficial da 23ª Parada do Orgulho LGBTQIA+, levará 13 atrações à Avenida Paulista durante o evento deste ano. O grande número de artistas tem uma razão: representar todas as bandeiras identitárias da Parada. A ideia é dar visibilidade aos grupos e causas que formam a bandeira LGBTQIA+. Uber Eats vai ter uma ativação com as bandeiras na frente do Center 3.

As bandeiras Gay, Trans, Lésbica, Queer, Agênero, Gênero Flúido, Não Binário, Intersex, Assexual, Bissexual, Panssexual, Polissexual estarão representadas não apenas pelos atrações, mas também nas outras ações da empresa. Promoções, intervenções, e campanhas vão destacar as bandeiras como forma de educar o público sobre toda a diversidade do movimento LGBTQIA+ e fazer com que as pessoas atentem para as diferenças entre eles.

Para representar a causa gay, Mateus Carrillho é quem subirá ao trio; a causa trans estará presente por meio de Candy Mel; as lésbicas serão representadas por Bia Ferreira; o grupo de queer por Lia Clark; as pessoas agênero por Triz; gênero flúido por Dudu Bertholini, que será o mestre de cerimônias ; não-binário terá como representante Jaloo; interssexual por Dionne Freitas ; assexual por Cup; bissexual Karol Conká; panssexual Dríade Aguiar ; e polisexual Mulher Pepita. Bruna Linzmeyer também marcará presença. Como aliada da causa, a cantora Alinne Rosa também vai animar o trio.  Fernando Cozendey foi convidado para fazer o figurino e vai vestir todas as atrações, cada uma nas cores da bandeira que representa.

“Na Uber, celebramos a diversidade, o respeito e apoiamos essas causas como parte da nossa cultura. É parte da história que estamos construindo. E esse ano queremos dar mais visibilidade ao grupos identitários que formam esse grupo de pessoas que nomeamos de LGBTQIA+. Há 12 bandeiras representadas nessa Parada e queremos ajudar as pessoas a reconhecê-las e identificar suas diferenças, suas demandas, suas lutas e desafios”, explica Ana Pellegrini, líder de diversidade da Uber no Brasil.

A visibilidade às bandeiras é parte da campanha #VamosComOrgulho, que vai permear as ações das marcas Uber e UberEats nas ações de suporte e visibilidade às causas LGBTQIA+. Com os desdobramentos ‘Orgulho em todas as Cores’ e ‘delivery em todas as cores’, a empresa vai entregar as bandeiras ao público da parada, mas também ao público da empresa, interno e externo, ao longo de todo o ano.


Os funcionários da empresa também vão marcar presença na parada em um dos trios. No Brasil, o UberPride, grupo voluntário que defende a diversidade na empresa, já chega a 21% da sua força de trabalho – e estarão bem representados na maior parada do Orgulho LGBTQIA+ do mundo.

O aplicativo ainda usará as rainbow routes que vão colorir com as cores do arco-íris todos os trajetos de viagens. Motoristas e usuários também receberão pílulas de informação enviadas pelo próprio app.

Programa de oportunidades para LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade

A empresa ainda está preparando uma plataforma de assistência para pessoas LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade no app. A Uber foi uma das primeiras empresas a permitir, no Brasil, a inscrição de transsexuais com o nome social sem processos jurídicos ou burocracia. Agora, mais que isso, a empresa vai trabalhar junto com instituições e ONGs para garantir o ingresso mais tranquilo de pessoas LGBTQIA+ seja como motoristas parceiros ou entregadores.

Códigos promocionais para combater o preconceito

Estações de Metrô receberão intervenções com painéis gigantes das 12 bandeiras representadas durante a Parada. Com o tema “Orgulho em todas as cores”, a empresa vai disponibilizar post-its com códigos com 15% de desconto para quem usar a Uber como complemento ao trajeto para ir ou voltar da Parada. Uber Eats também contará com uma promoção semelhante. A ideia é utilizar promocodes que afirmam o orgulho das bandeiras para desafiar o público em geral a passar por cima dos seus preconceitos.

No quesito mobilidade, a ideia é que as pessoas não usem Uber até o local da Parada, mas até uma estação de metrô e, daí de transporte público até a Avenida Paulista. O objetivo é estimular as  pessoas a se locomoverem de forma mais inteligente pela cidade. A empresa vai aproveitar o dia do evento, que domina uma área importante e central, para estimular essa cultura por meio de descontos.

Eats na Parada

A Uber Eats vai levar à Paulista durante o evento uma instalação localizada na frente do Shopping Center 3. A ação da marca no evento é parte da estratégia de integração e fortalecimento da Uber como uma plataforma no Brasil.

Dentro, o público encontrará espelhos gigantes com imagens de todas as 12 bandeiras representadas na Parada. E quilos de glitter biodegradável  na cor de cada uma delas. Os participantes vão entrar por um lado da instalação e sair pelo outro: maquiados ou munidos de glitter biodegradável  para fazer suas próprias maquiagens. A intervenção será gratuita e não vai precisar de inscrição.

O espaço também contará com promotores vestidos nas cores de cada bandeira e informações educativas para dar visibilidade a cada um dos grupos.

SOBRE O COMPROMISSO DA UBER COM A DIVERSIDADE

O respeito e o apoio à diversidade estão no DNA da Uber, que nasceu em São Francisco – berço mundial dos movimentos afirmativos.  Recrutamento e retenção de pessoas LGBTQ+ é uma prioridade que vem dando certo globalmente: de acordo com uma pesquisa feita com funcionários no mundo todo, em 2017, 15% dos empregados espontaneamente se declararam LGBTQ+.  A Uber também foi eleita pela Human Rights Campaign Foundation como uma das 100 melhores empresas para trabalhar para pessoas da comunidade LGBTQ+.

Dados e fatos sobre o apoio da Uber à causa LGBTQIA+:

  • A Uber é signatária do Fórum de Empresas e Direitos LGBT, aderindo aos 10 Compromissos para promover os Direitos LGBT. É parte também  do grupo de empresas que aderiram aos Padrões de Conduta da ONU para Enfrentar a Discriminação Contras Pessoas LGBT no Ambiente de Trabalho.
  •  Faz ações de sensibilização para motoristas parceiros. Nos últimos anos, distribuiu 150 mil cartilhas propondo um código de conduta baseado no respeito. Pelo aplicativo, continua veiculando para os 600 mil motoristas ativos e 22 milhões de usuários pílulas de informação que têm esse mesmo propósito: incentivar o respeito à diversidade.  
  • No Carnaval, veiculou nas redes sociais campanha contra o assédio e a discriminação, com distribuição de material educativo para todos os motoristas parceiros ativos no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here