Início Notícias JBS apresenta lucro líquido de R$ 563,2 milhões no quarto trimestre de...

JBS apresenta lucro líquido de R$ 563,2 milhões no quarto trimestre de 2018

Dívida de curto prazo da companhia teve redução de 78,4%, caindo de R$ 13,5 bilhões, em 2017, para R$ 2,9 bilhões em 2018;

147
0
Divulgação

A JBS S.A fechou o quarto trimestre de 2018 com lucro líquido de R$ 563,2 milhões, importante reversão frente ao prejuízo de R$ 451,7 milhões apresentado no mesmo período de 2017. O EBITDA (indicador de desempenho operacional da companhia) atingiu R$ 3,4 bilhões no trimestre, uma evolução de 6,1% quando comparado ao 4T17.

receita líquida da empresa no trimestre chegou a R$ 47,3 bilhões, aumento de 10,7% em comparação ao apresentado há um ano. O lucro bruto avançou 3,7%, passando de R$ 6,3 bilhões no quarto trimestre de 2017 para R$ 6,6 bilhões nos três últimos meses de 2018.


No ano, a companhia apresentou um lucro líquido ajustado de R$ 1,6 bilhão, com lucro líquido reportado de R$ 25,2 milhões, impactado pela adesão ao Programa de Regularização Tributária Rural (PRR – Funrural). O EBITDA ajustado chegou a R$ 14,8 bilhões, um acréscimo de 10,7% sobre 2017. No ano, a receita líquida da companhia atingiu R$ 181,7 bilhões, aumento de 11,3% no comparativo com 2017. O Lucro Bruto da empresa cresceu 10,8%, chegando a R$ 26,3 bilhões, enquanto o fluxo de caixa operacional teve um aumento de 31,8% sobre o ano anterior, chegando a R$ 11,5 bilhões. Já o fluxo de caixa livre, importante indicativo de saúde empresarial, atingiu R$ 5,7 bilhões, um acréscimo de 105,2% sobre 2017.

Saúde financeira seguem em evolução

A alavancagem da JBS continuou em trajetória de queda e a relação entre dívida líquida e EBITDA, em reais, chegou a 3,18 vezes no quarto trimestre de 2018. No 4T17, eram 3,38 vezes. Em dólares, a desalavancagem foi ainda mais representativa, chegando a 3,01 vezes, contra 3,26 vezes no quarto tri de 2017. Importante destacar, ainda, que a dívida de curto prazo da companhia teve relevante redução de 78,4% em 2018, caindo de R$ 13,5 bilhões para R$ 2,9 bilhões, movimento que faz com que a liquidez total da companhia, de R$ 16,4 bilhões, seja mais do que cinco vezes superior ao seu endividamento de curto prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui