Início Notícias 82% dos fumantes brasileiros trocariam o cigarro por produtos de menor risco...

82% dos fumantes brasileiros trocariam o cigarro por produtos de menor risco à saúde

57
0

De acordo com o Ministério da Saúde (1), existem mais de 20 milhões de adultos fumantes no Brasil. Em uma recente pesquisa, os dados do Instituto Datafolha revelam que mais de 16 milhões de brasileiros, que correspondem a 82% dos fumantes, trocariam o cigarro por uma opção menos prejudicial à saúde.
Ainda segundo o estudo, até mesmo 78% dos não fumantes, ao serem informados sobre produtos de risco reduzido, tendência que vem ganhando repercussão mundial, indicariam a substituição do cigarro por uma opção potencialmente menos prejudicial a amigos e familiares fumantes.

“É indiscutível que a maioria dos fumantes têm plena consciência dos danos causados pelo hábito de fumar cigarros. Contudo, muitos ainda continuarão fumando e sabem que sofrerão sérias consequências à sua saúde. A pergunta que se faz é, existindo soluções que tem o potencial de reduzir os danos à saúde, por que elas não estão hoje disponíveis aos adultos fumantes brasileiros?”, argumenta Fernando Vieira, Diretor de Assuntos Corporativos da Philip Morris Brasil.


Os dados mostram que 79% dos brasileiros são favoráveis à ideia de que o governo deveria permitir que os fumantes tenham acesso a produtos de risco reduzido. A regulamentação segue em discussão há quase dois anos e meio na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas ainda sem avanços significativos.
O levantamento foi realizado em julho de 2018 com pessoas com idade a partir dos 18 anos, pertencentes a diversas classes econômicas, em todas as regiões do país. Dos entrevistados, cerca de um quinto da população brasileira adulta declara fumar cigarros, sendo que 16% dizem fumar até um maço por dia.
Para saber mais, visite o site: www.pmi.com/markets/brazil/pt/science-and-innovation.
1 Dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2017)



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here