Início Notícias Carrefour emite nota sobre cachorro agredido e morto em Osasco/SP

Carrefour emite nota sobre cachorro agredido e morto em Osasco/SP

8759
0

Várias denúncias de que um segurança da marca Carrefour agrediu e evenenou um cachorro abandonado causou uma onda de protestos contra a rede varejista, em Osasco, na Grande São Paulo.  Várias ONG´s e defensores dos animais usaram as mídias sociais para pedir o boicote à rede.

O caso teria acontecido na última sexta-feira, 30, no estacionamento do hipermercado.  O inquérito para investigar as circunstâncias da morte do cachorro foi aberto nessa segunda-feira (3). A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) explicou que membros do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal de Osasco entraram com o pedido junto às autoridades. Segundo a denúncia, que depois viralizou pelas redes sociais, o cachorro foi agredido após um funcionário do Carrefour ser orientado a retirá-lo do estacionamento do local.

O meu REPÚPIO e INDIGNAÇÃO a nota do Carrefour dizendo que foi a Zoonoses que teria enforcado o cachorrinho. Segue o vídeo do momento em que a zoonoses Prestou os Primeiros Socorros a ele. Vejam que o cachorrinho já está agonizando, resistente ao ato de resgate devido às dores e ao sangramento intenso. O vídeo mostra que os profissionais da Zoonoses trataram o cachorrinho com muito Respeito e Carinho durante o resgate. O Laudo da Veterinária já aponta hemorragia intensa e outros males. Muito triste, como já disse anteriormente não podemos trazer ele de volta mas vamos lutar por ele. #RespeitoPelaVida

Publicado por Ralfi Silva em Terça-feira, 4 de dezembro de 2018

 

Luisa Mell posta momento em que cachorro é agredido no Carrefour. A defensora dos animais ainda mandou recado ao agressor

 

Caso que chocou o país! Eu e o grande jurista Fernando Capez estivemos agora na delegacia de Osasco! Eu estou passando mal com as imagens do ocorrido! Assistam tudo nos meus stories! A associação de advogados criminalistas está entrando com uma ação de mais tratos contra o funcionário e de danos morais coletivos contra o Carrefour! Iremos acompanhar pessoalmente as investigaçōes! Estou chegando agora no Carrefour! Acompanhem no stories! Queremos justiça!!!

Publicado por Luisa Mell em Terça-feira, 4 de dezembro de 2018

 

Veja a íntegra as notas da rede Carrefour:

“A rede repudia qualquer tipo de maus-tratos contra animais. Comprometido em manter a todos informados sobre o episódio ocorrido na loja de Osasco, nossa apuração preliminar apontou que o cachorro estava circulando pelo estacionamento há alguns dias. O Centro de Zoonoses de Osasco foi acionado por diversas vezes, mas não recolheu o animal. No dia do incidente, clientes se queixaram sobre a presença do cachorro, e, novamente, o órgão foi acionado. Um funcionário de empresa terceirizada tentou afastá-lo da entrada da loja e imagens mostram que esta abordagem pode ter ocasionado um ferimento na pata do animal. O Centro de Zoonoses de Osasco foi acionado novamente e compareceu ao local para recolhê-lo. No entanto, no momento da abordagem dos profissionais do órgão para imobilização, o cachorro desfaleceu em razão do uso de um “enforcador”, tipo de equipamento de contenção. A Delegacia especializada de Osasco (D.I.I.C.M.A.) abriu inquérito e está investigando o caso. Estamos colaborando com as autoridades, disponibilizamos todas as informações e imagens para que o fato seja solucionado.”

Nesta terça, um novo comunicado foi emitido.

Segunda Nota do Carrefour

“O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em sua loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos na reparação desse dano”.

 O CNJ esclareceu sobre as penas para quem maltrata animais em uma postagem hoje, 04/12, no Instagram:

View this post on Instagram

Não faça com os #animais o que não gostaria que fizessem com você 😿 A Lei 9.605/1998, que define as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao #MeioAmbiente, prevê pena de detenção e multa para quem maltratar animais. A pena pode ser aumentada de um sexto a um terço se os maus-tratos resultarem na morte do #animal. Para denunciar, #disque190. Descrição da imagem #PraCegoVer e #PraTodosVerem: fotografia de um cachorrinho triste, encolhido. Texto: Maltratar animais é crime. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos pode resultar em detenção de 3 meses a um ano e multa. Artigo 32 da Lei 9.605/98. #CNJ

A post shared by CNJ (@cnj_oficial) on

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here