Início Notícias Consumidor Danone aciona justiça e Minalba é obrigada a tirar propaganda do ar

Danone aciona justiça e Minalba é obrigada a tirar propaganda do ar

795
0
Reprodução

A marca Minalba perdeu ação na Justiça por conta da informação divulgada em ações publicitárias de suas águas. O juiz Dr. Luis Felipe Ferrari Bedendi, da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem do Tribunal de Justiça de São Paulo, entendeu que houve veiculação de publicidade enganosa e prática de concorrência desleal por parte da Minalba. Sobre o pH alcalino, o Juiz diz em seu despacho “leva o consumidor a crer ser uma propriedade benéfica tal qual o baixo teor de sódio, com intuito marqueteiro e sem comprovação científica. E a ré não conseguiu demonstrar o fundamento científico da associação. Pelo contrário, afirmou “que se trata de uma questão ainda em discussão dentro do meio científico” de modo que a publicidade pode ser considerada enganosa”.

A Danone havia entrado com uma ação judicial em março de 2018 contra a empresa afirmando que a expressão “pH Alcalino” poderia levar o consumidor a crer que o pH da água traz algum benefício à saúde, dado sem comprovação científica.

Segundo artigo científico, publicado em setembro de 2018, no International Journal of Nutrology o pH da água não interfere na saúde e no bom funcionamento do organismo, não estando atrelado ao desenvolvimento ou prevenção de doenças. Tal fato também é defendido pela Organização Mundial da Saúde, que desde 2007 defende que o pH da água não interfere na saúde das pessoas.

A Minalba tem agora 60 dias para encerrar qualquer publicidade com essa expressão.

NOTA À IMPRENSA

Com o entendimento de que não cometeu infração na sua publicidade, já que o produto possui, dentre outras características físico-químicas mencionadas e publicadas em seu rótulo, o PH alcalino, a Minalba Brasil, empresa do Grupo Edson Queiroz, informa que a decisão judicial foi concedida em primeira instância e é passível de recursos. Por isso, o setor jurídico da empresa já está tomando as medidas cabíveis para recorrer deste resultado.

Artigo anteriorTia Sônia lança granola com ingredientes orgânicos
Próximo artigoVerde Campo apresenta compromisso de produzir produtos apenas com ingredientes naturais
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui