Início Notícias Pesquisa de Mercado Itaú, Bradesco, Skol, Brahma e BB são as marcas mais valiosas do...

Itaú, Bradesco, Skol, Brahma e BB são as marcas mais valiosas do Brasil, segundo o Interbrand

1864
0

A Interbrand, consultoria global de marcas, anuncia o ranking das “25 Marcas Brasileiras Mais Valiosas” em 2018. A divulgação oficial ocorreu na noite de ontem (21), durante evento no Cubo Itaú, na capital paulista.

As cinco primeiras posições continuam sendo ocupadas pelas marcas do setor financeiro e pelas cervejas, ficando respectivamente com Itaú, Bradesco, Skol, Brahma e Banco do Brasil, como nos últimos seis anos. Este ano, uma nova marca integra o ranking: o Assaí, ocupando a 23ª posição, com um valor de R$ 459 milhões.

Quinze das 25 marcas apresentaram uma variação positiva no comparativo com o ano anterior. Delas, quatro cresceram dois dígitos percentuais em seus valores de marca, em comparação com 2017:  Magazine Luiza, com 50%, apresentando o crescimento mais expressivo desde 2013; CVC, com 21%; Porto Seguro, com 12%; e Localiza, com 10%.

O valor total do portfólio que compõe a edição 2018 do ranking cresceu 2,7%, se aproximando da marca dos R$ 120 bilhões. Das 25 marcas ranqueadas, nove perderam valor. Neste contexto, as marcas do topo do ranking ficaram ainda mais poderosas, com o top 5 representando 75,8% do valor total do levantamento, ante 75,3% no ano passado.

Segundo Daniella Bianchi, diretora geral da Interbrand São Paulo, nos últimos três anos, o Brasil enfrentou uma crise que representou danos além do campo econômico. “A perda de confiança das pessoas nas instituições atingiu o universo corporativo na medida em que a reputação de algumas empresas era colocada à prova. As grandes marcas presentes nesta edição do ranking representam exemplos de superação desse cenário e demonstram que o desafio agora é outro”, explica.

“Mais do que entregar produtos e serviços customizados, as marcas vencedoras conhecem profundamente a maneira como seus clientes se comportam e são movidas pelo desejo de serem úteis, de criar produtos e serviços que realmente solucionam a vida das pessoas. Elas nos mostram que é preciso estar preparado para interceptar o futuro e realizar movimentos ‘icônicos’ e de curto prazo como resposta às necessidades de um consumidor cada dia mais exigente”, afirma Daniella.

Em um cenário que combina competição acirrada, bolsos mais restritos e consumidores atentos, brigar pela escolha é questão de sobrevivência. Se por um lado as decisões são mais racionais e pautadas pelo melhor custo benefício, por outro o cenário de crise econômica traz uma oportunidade para as marcas que criaram um vínculo emocional com o consumidor.

“No ranking de 2018, podemos enxergar um cenário mais estável. Por isso, os grandes destaques e histórias de crescimento ganham mais importância. As marcas vencedoras deste ano entendem a realidade do consumidor e adaptam sua oferta em um momento de restrição econômica, ditam o ritmo de suas categorias e se descolam dos concorrentes diretos. Respondem à altura a níveis cada vez mais exigentes de consumo e são capazes de viver em múltiplas plataformas”, explica André Matias, diretor de Estratégia e Avaliação de Marcas da Interbrand São Paulo.

O ranking deste ano ainda traz o estudo “A Era do Eu”, que revela a atualidade do personal branding. “Não é algo novo, mas o personal branding nunca esteve tão em evidência e tão próximo do mundo corporativo. Inclusive, muitas marcas levam o nome de seus fundadores, como é o caso daquela com o maior crescimento no ranking: a Magazine Luiza, fundada por Luiza Trajano, um símbolo de um processo natural e histórico de construção de marca. Em alguma medida, dá para afirmar que o branding nasce do personal branding”, finaliza Daniella.

Para ter acesso ao ranking das “Marcas Brasileiras Mais Valiosas 2018” e ao estudo “A Era do Eu”, acesse: www.interbrand.com/br/best-brands/best-brazilian-brands/2018/.

Abaixo, confira na íntegra o ranking das 25 Marcas Brasileiras Mais Valiosas 2018 (valores em R$ milhões): 

Metodologia

Para uma marca estar na lista das mais valiosas do Brasil, o primeiro requisito é que tenha origem nacional e informações financeiras públicas. Não há exigência de que as empresas tenham capital aberto, mas é fundamental que seus dados financeiros tenham sido divulgados.

Determinado a partir de uma metodologia exclusiva e certificada de Brand Valuation, desenvolvida em 1988 em parceria com a London Business School, o ranking Marcas Brasileiras Mais Valiosas – existente desde 2001 – é resultado de estudos que analisam e inter-relacionam performance financeira, percepção e influência das marcas junto aos consumidores.

Em parceria com a Provokers, foi realizada uma pesquisa em todo o Brasil, que reuniu mais de mil entrevistados e 100 marcas, resultando em um amplo panorama do cenário atual e impressões positivas e negativas de diferentes marcas em diversos segmentos.

Confira a publicação completa sobre as marcas mais valiosas do Brasil em 2018.

 

Artigo anteriorDrauzio Varella apresenta segunda temporada de série sobre saúde pública no Youtube
Próximo artigoMPT processa Havan em 100 milhões devido à intimidação no livre exercício do direito de voto
Editor Executivo do Portal CidadeMarketing.com.br > Mestre em Comunicação e Sociedade pela Universidade Federal de Sergipe. Possui MBA Executivo em Administração com ênfase em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas - Rio de Janeiro. Consultor, Palestrante e Pesquisador sobre Empreendedorismo, Marketing, Redes Sociais e Negócios Digitais. Professor, Palestrante TedxTalks e Campus Party.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui