Início Notícias Pesquisa de Mercado Pequenos negócios mineiros tiveram o saldo de emprego quatro vezes maior que...

Pequenos negócios mineiros tiveram o saldo de emprego quatro vezes maior que o das grandes e médias empresas

Levantamento divulgado pelo Sebrae Minas mostra setores, cidades, regiões e ocupações que contrataram mais que demitiram em 2018

95
0

O saldo de emprego gerado pelas Micro e Pequenas Empresas (MPE) mineiras em 2018 foi quatro vezes maior que o das Médias e Grandes Empresas (MGE). É o que aponta o levantamento feito pelo Sebrae Minas, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que mostra ainda os setores, as ocupações e o ranking dos municípios que tiveram o melhor desempenho no ano passado.

No acumulado de 2018, Minas Gerais teve o segundo melhor saldo de empregos gerados pelas MPE no país, 57.071 vagas, atrás apenas de São Paulo (167.066 vagas). O resultado dos pequenos negócios mineiros foi 36% maior que o saldo gerado em 2017 (36.055 vagas). “É importante lembrar que o saldo de empregos se refere a diferença entre as contrações e demissões ocorridas no período”, explica a analista do Sebrae Bárbara Alves.

No ranking das cidades mineiras que tiveram o melhor desempenho na geração de emprego pelas MPE no ano passado, Belo Horizonte ficou em primeiro lugar com o saldo de 11.319 vagas. “O resultado colocou a capital mineira na 4ª posição da lista das cidades brasileiras onde as MPE geraram mais empregos”, complementa Bárbara.

Também tiveram destaque no ranking do saldo de empregos: Contagem (4.012 MEI), Uberlândia (3.304 MEI), Betim (1.904 MEI), Montes Claros (1.657 MEI), Sete Lagoas (1.521 MEI), Ipatinga (1.325 MEI), Juiz de Fora (1.061 MEI), Uberaba (859 MEI) e Varginha (799 MEI).

O setor de serviços (32.929 vagas) concentrou mais da metade (57%) do saldo de empregos gerados pelas MPE mineiras. Nas regionais, os destaques foram para o Centro (26.009 vagas) e Triângulo e Alto Paranaíba (9253 vagas) que juntas foram responsáveis por 61% dos postos de trabalho gerados pelos pequenos negócios no estado.

As ocupações que tiveram a maior parte das vagas abertas pelas MPE mineiras foram: servente de obras (6.012 vagas), alimentador de linha de produção (4.885 vagas), faxineiro (3.799 vagas), atendente de lojas e mercados (3.625 vagas) e motorista de caminhão – rotas regionais e internacionais (3.350 vagas).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here