Início Notícias Digital Crime cibernético envolvendo listas de noivos nos e-commerces Casas Bahia, Ponto Frio...

Crime cibernético envolvendo listas de noivos nos e-commerces Casas Bahia, Ponto Frio e Extra gerou prejuízo de R$ 500 mil

354
0

A Polícia Civil do Distrito Federal— PCDF, por intermédio da Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri) desencadeou, nas primeiras horas desta terça-feira (22), operação para prender V.E.C.F, acusado de integrar grupo criminoso responsável por séries de fraudes em grandes lojas de departamento para desviar bens e mercadorias de listas de noivos registradas nos estabelecimentos comerciais. 

As investigações tiveram início há um ano, quando a Especializada recebeu informações sobre uma fraude ocorrida nos sistemas de listas de casamento das lojas Casa Bahia, localizadas no Distrito Federal. A denúncia informava que um valor significativo de mercadorias estava sendo subtraído.

De acordo com o apurado, a empresa responsável pelo transporte e distribuição das mercadorias comercializadas pelas lojas de departamento entre 2011 e 2019, V.E.C.F. obtinha produtos dessas listas de casamento de clientes, de forma a burlar os sistemas das lojas, para que as mercadorias fossem entregues em endereços vinculados ao grupo criminoso.

“ Restou confirmado que o autor realizou um total de 933 pedidos de compras fraudulentas entre 2011 e 2019, porém parte desse montante, cerca de 684, foram bloqueados pelos sistemas de segurança das lojas”, conta o delegado Guilherme Sousa Melo. Segundo ele, 27% dos pedidos foram aprovados ao longo dos anos, perfazendo um prejuízo de quase meio milhão de reais.

De acordo com as investigações, o estelionatário se passava por clientes cadastrados em listas de casamentos das lojas e, utilizando nomes e números de CPFs das vítimas, conseguia alterar o e-mail, as senhas e o endereço de entrega dos cadastros dos clientes. Dessa forma, os presentes da lista de casamento eram entregues em novos endereços, cadastrados pelo golpista, localizados em Planaltina.

A empresa responsável pelo transporte dessas mercadorias burlava os sistemas das lojas Casas Bahia, Ponto Frio e Extra e fazia as entregas em endereços vinculados ao grupo criminoso.

Na residência dele autor e em outro endereço de Planaltina, os policiais localizaram e apreenderam uma grande quantidade de eletroeletrônicos (televisores, videogames, notebooks, caixas de som) e eletrodomésticos (fogões, geladeiras, armários, máquina de lavar e secar, dentre outros), aparelhos celulares e um veículo de passeio, modelo Cherry.

As investigações prosseguem no sentido de identificar outros envolvidos no esquema fraudulento tanto no DF, como em outros estados da federação. O grupo irá responder pela prática de crimes de estelionato e associação criminosa.
O autor, que já possui passagens por estelionato, após as formalidades legais, foi recolhido à carceragem da PCDF.

CidadeMarketing com informações da Polícia Civil do Distrito Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here