Início Notícias Executivo brasileiro Carlos Ghosn, presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, é preso no Japão

Executivo brasileiro Carlos Ghosn, presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, é preso no Japão

125
0
Divulgação

Preso na última segunda-feira (19) no Japão, o executivo brasileiro Carlos Ghosn, presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, é acusado de sonegação e fraude fiscal.

De acordo com as agências de notícias japonesas Kyodo e Jiji, Ghosn não declarou mais de 5 bilhões de ienes (o equivalente a equivale a R$ 167,4 milhões) de seu pagamento como presidente na montadora;

Segundo a imprensa japonesa Nikkei, uma subsidiária holandesa criada em 2010 por cerca de US$ 53,4 milhões para investimento em startups teria financiado as ações pessoais de Ghosn, que envolvem a compra e reforma de um luxuoso apartamento na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e uma casa em Beirute, no Líbano.

A ação da Renault tiveram queda de 8,43% nesta segunda-feira (19) , depois da notícia daa prisão de seu presidente executivo, Carlos Ghosn, acusado de fraude pela justiça do Japão. Já o papel da Nissan também recuou na bolsa de Frankfurt.

Carlos Ghosn é Chairman do Conselho Administrativo da Nissan Motor Co., Ltd. Está na Nissan desde junho de 1999, entrando como Chief Operating Officer (COO). Tornou-se CEO em junho de 2011, deixando a função em abril de 2017 ao ser sucedido por Hiroto Saikawa.

Ghosn foi o responsável pelo plano de renascimento da Nissan, que transformou uma companhia quase falida em rentável em dois anos. Sob a liderança do Ghosn, a Nissan obteve margens de lucro maiores que outras companhias do setor e expandiu geograficamente o alcance da marca Nissan, iniciando operações em países como a China, que é um mercado-chave em volume para a Nissan.

Além de suas responsabilidades na Nissan, Ghosn foi nomeado CEO do Grupo Renault em maio de 2005, tornando-se a primeira pessoa a dirigir simultaneamente duas companhias globais que estão na lista “Fortune 500”. Em 2009, também adicionou o título de Chairman do Conselho Administrativo. E, em dezembro de 2016, foi nomeado Chairman do Conselho Administrativo da japonesa Mitsubishi Motors Corp.

Ele também é Chairman e CEO da Aliança Renault-Nissan, um dos maiores grupos automotivos do mundo. Renault, Nissan, Mitsubishi Motors e AVTOVAZ venderam juntas 9,96 milhões de veículos em 2016, mais de um entre nove automóveis vendidos mundialmente.

De junho de 2013 a junho 2016, o Ghosn foi ainda Chairman da AVTOVAZ, a maior fabricante de automóveis da Rússia e dona da marca LADA.

Antes de se juntar à Nissan, Ghosn foi Vice-Presidente Executivo do Grupo Renault a partir de dezembro de 1996. Além de supervisionar as atividades da Renault no Mercosul, ele foi responsável pela pesquisa avançada, desenvolvimento e engenharia de veículos, manufatura e operações de powertrain e compras.

Antes de entrar na Renault, Ghosn foi Chairman e Chief Executive Officer da Michelin North America, onde cuidou da compra da Uniroyal Goodrich Tire Company, em 1990.

Antes disso, Ghosn era Diretor de Operações da Michelin South America, com sede no Brasil; Chefe de Pesquisa e Desenvolvimento de pneus industriais em Ladoux, França e um gerente de fábrica em Le Puy, França.

Ghosn é membro do Conselho Consultivo Internacional da Universidade de Tsinghua, em Pequim, e do Conselho Estratégico da Universidade de São José, em Beirute.

Ghosn nasceu no Brasil em 1954. Graduou-se em engenharia pela École Polytechnique em 1974 e pela École des Mines de Paris em 1978. Fala fluentemente português, árabe, inglês e francês.

Histórico Profissional

2017 Chairman of the Board, Nissan
2016 Chairman of the Board, Mitsubishi Motors
2009 Chairman of the Board of Directors, President and Chief Executive Officer, Renault
2008 Chairman of the Board of Directors, President and Chief Executive Officer, Nissan
2005 President and Chief Executive Officer, Renault
2003 Co-Chairman of the Board of Directors, President and Chief Executive Officer, Nissan
2001 President and Chief Executive Officer, Nissan
2000 President and Chief Operating Officer, Nissan
1999 Chief Operating Officer, Nissan
1996 Executive Vice President, Renault. Responsible for advanced research, car engineering and development, car manufacturing, powertrain operations, purchasing and supervision of Renault activities in Mercosur.
1990 Chairman and Chief Executive Officer, Michelin North America.
Presided over the restructuring of the company after its acquisition of the Uniroyal Goodrich Tire Company.
1985 Chief Operating Officer, South American operations, Michelin, Brazil
1984 Head of R&D for industrial tires, Michelin, France
1981 Plant manager, Le Puy Plant, Michelin, France

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here